Menu

Uncategorized

A construção de uma Alma Feminina: breves relatos

Todos os dias escrevo diversos textos com objetivos diferentes: reedição de matérias para site de notícias, textos para posts nas redes sócias, revisão de textos de clientes, mas começar esse está sendo muito difícil. Muita coisa aconteceu nos últimos dois anos que mudaram o rumo da minha vida e quando muitos acreditaram que isso seria ruim, na verdade cada nova queda foi uma mola para alavancar realizações e concretização de potenciais adormecidos.

Esse projeto de registrar memórias, por exemplo, surgiu há alguns meses e na verdade já existem alguns textos prontos, mas que irei revelando na medida em que forem se encaixando na cronologia dos fatos. Importante na verdade nesse início é demonstrar a essência das minhas decisões atuais. Não costumo questionar se o que faço está certo. Me questiono sempre se o que estou fazendo me faz bem e se pode fazer bem a alguém, se a resposta é positiva ganho a certeza de que o resultado das minhas ações chegará onde eu quero, transformar alguém, mesmo que esse alguém seja eu mesma.

Perdi alguém tão importante para mim e talvez tenha sido esse o “start” para colocar as palavras juntas e criar os textos que tornarão real o registro das experiências que me tornaram a mulher que sou eu. Isso deixa meu coração feliz, pois a cada semana quero trazer aqui lembranças que irão eternizar não somente momentos da minha vida, mas me farão lembrar e eternizar as lembranças e momentos do meu pai.

Nada mais justo nesse espaço chamado “Alma Feminina” do que desnudar a história da mulher que idealizou um trabalho tão lindo voltado a promover a sororidade. Pensei lá no inicio, quando comecei com um programa de rádio, trazer a biografia de mulheres das mais diversas áreas e aos poucos isso foi ganhando uma proporção que transformou a minha vida e que vejo transformar a vida de outras mulheres, vamos devagar e vai chegar a hora de trazer essas  histórias aqui também.

Nesse primeiro momento quero agradecer a equipe do Sergipe Repórter na pessoa do amigo Washigton, por possibilitar esse espaço; e me comprometer a toda segunda feira trazer uma nova cena dessa vida que aos poucos me transformou na KARINA LIBERAL de hoje. Sejam bem vindas e bem vindos às memórias de uma vida tão real quanto a sua.

 

POR: Karina Liberal

Janier Mota levanta série de problemas do centro-sul, com destaque para rodovias ruins

Na eleição de 2018, a empresária do setor ceramista de Itabaianinha Janier Mota, PR, trocou o posto de vice-prefeita da cidade pelo de deputada estadual de Sergipe.

E o fez solenemente: para uma estreante, Janier Mota chegou bem, com 25.731 votos, e ocupando a 11ª posição entre os 24 eleitos do Estado.

Nesta segunda-feira, dia 1º, ela encerrará o primeiro semestre como deputada estadual. Janier não negou um olhar mais atento e aberto sobre a região centro-sul de Sergipe, sobretudo a Itabaianinha que escolheu para viver.

Para Janier Mota, os problemas dali são muitos. “Mas destaco a questão de conservação das rodovias, a manutenção da saúde – porque o hospital de Itabaianinha necessita de apoio e de mais recursos -, a questão do desemprego entre os jovens, que é geral, e a da segurança pública”, diz ela.

Nessa breve entrevista, Janier Mota vai detalhar um por um cada problema e dizer o que tem tentado fazer para melhorá-los.

Aparte – Deputada, quais são os problemas que mais incomodam as comunidades do centro-sul e, em especial, a de Itabaianinha?
Janier Mota 
– São muitos, mas destaco a questão de conservação das rodovias, a manutenção da saúde – porque o hospital de Itabaianinha necessita de apoio e de mais recursos -, a questão do desemprego entre os jovens, que é geral, e a da segurança pública.

Aparte – Vamos começar pelas estradas. Quais das que levam a Itabaianinha são mais problemáticas?
JM –
 Quase todas elas. A de Umbaúba a Itabaianinha, a de Itabaianinha a Tobias Barreto e a de Itabaianinha a Arauá. Estamos ilhados por acessos ruins.

Aparte – A senhora tem conversado com o governador Belivaldo Chagas quanto a necessidade de repará-las?
JM – 
Sim, e muito. Inclusive, fruto dessas conversas, as rodovias de Itabaianinha a Arauá e de Itabaianinha a Umbaúba receberam uma ação do tapa-buraco. Eu diria que isso equivale a alívio paliativo. Mas o que nos anima é que o governador nos falou que a partir de setembro iniciará uma obra mais oficial na rodovia. Estamos aguardando.

Aparte – Quais as reais necessidades do município em relação ao seu Hospital São Luís Gonzaga em relação ao Governo do Estado?
JM – 
Olha, o hospital de Itabaianinha é uma instituição filantrópica. Não é um regional, mas é muito útil à nossa comunidade. Mas o Hospital foi se arrastando ao longo dos anos e sofreu uma falta de incentivo muito grande. Não existe nele sequer um aparelho de raio x, o que é um absurdo.

Aparte – E com relação à segurança pública do município?
JM –
 Há a questão dos roubos às propriedades e às pessoas, que é um problema geral no Estado. E o efetivo da Polícia Militar é mais ou menos.

Aparte – Desemprego certamente é um problema grande, mas não só em Itabaianinha. O que deveria ser feito para que ele se atenuasse um pouco por lá?
JM –
 É preciso que melhore a ação financeira para sairmos todos da crise. Os empresários, a exemplo dos da cerâmica, onde atua meu esposo, estão sofrendo muito. Eles estão segurando para não demitir. Para o meu próprio marido, a luta é grande para não desempregar os pais de família.

Aparte – Quando é que a senhora e o seu grupo político começam a discutir a sucessão municipal de Itabaianinha?
JM –
 Creio que no final do ano, mais ou menos, ou no começo de 2020. Não temos um pré-candidato definido hoje para o município. Estamos conversando. Eu tenho atualmente me voltado mais para o mandato, esperando a hora certa para esse debate político.

 

Fonte: JL Política

Wesley Safadão é uma das atrações dos festejos de Lagarto

Lagarto será palco de uma grande festa junina. Os shows acontecem entre os dias 23 e 29 de junho, na Praça do Tanque Grande, com acesso gratuito. No dia 23,...

EDITAL DE ASSEMBLÉIA DE POSSE DA NOVA DIRETORIA DA AEEEP

Edital de Assembleia A DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO ESTANCIANA DOS ESTUDANTES DE ENTIDADES PARTICULARES DE ESTÂNCIA-AEEEP, no uso das suas atribuições legais, convoca os associados da AEEEP para ASSEMBLEIA DE POSSE...

Raio-x do hexagonal: Dois invictos, dois sem vitórias e emoção até a última rodada

Veja também o critério que define a ordem dos jogos finais do Campeonato Sergipano Foram 15 jogos, 31 gols, média de 2,066 por partida. E assim chegou ao final o...

Bombeiros Civis de Sergipe lotam a ALESE e pedem aprovação do PL 04/2017

O Sindbompc-se - Sindicato dos Bombeiros civis do Estado de Sergipe na representatividade do Deputado e líder de oposição Georgeo Passos, convocou bombeiros civis para ocupar a ALESE – Assembleia...

Falta de reforma prejudica ensino em escola de Umbaúba

A SEED se compromete a fazer obras emergenciais em abril Alunos e professores da Escola Estadual Doutor Antônio Garcia Filho, localizada no município de Umbaúba estão insatisfeitos com a falta...

Mulher morre após briga em Pedrinhas

Ela foi vítima de arma branca. Uma mulher foi morta na noite desta segunda-feira (12) após um desentendimento com outra mulher no povoado Mutambo, em Pedrinhas, no Sul Sergipano. Segundo...