Menu

Bastidores da Politica

Márcio Souza polariza disputa pela Prefeitura de Estância

A pouco mais de seis meses para as eleições no município de Estância/SE a polarização da disputa ao Paço Municipal entre Márcio Souza (PSOL) e Gilson Andrade (sem partido), faz as outras pré-candidaturas virar pó, algumas, despertam a curiosidade de que foram plantadas para pulverizar os votos e fazer o jogo do atual prefeito, mas no juízo do povão, não passam de verdadeiras laranjas.


Pesquisas feitas para consumo interno não reveladas em virtude da exigência da legislação eleitoral, mostram que há um crescente distanciamento nas intenções de votos em prol de Márcio Souza (PSOL), o que tá deixando as bases dos que apoiam o atual mandatário em total desconforto.

Tal fato faz desmoronar claramente que o modus operandi da política velha e ultrapassada de cumprir pagamento de servidor em dia, pintar meio fio, priorizar nomeação de cargos de comissão ao invés de fazer concurso público e fazer pequenas obras no apagar das luzes, já era, isso é coisa do passado, não deu resultado e não cola mais na cabeça do novo perfil do eleitor.

Além dos aspectos acima postos, existe uma grande indagação nas ruas se o ex prefeito Ivan dos Santos Leite é ou não pré-candidato nas eleições de 2020? Se vai permanecer na indicação da vice, sua esposa, Adriana Leite na chapa governista, ou segundo alguns, ter uma atitude mais ousada, há comentários, sair do silêncio e anunciar um possível apoio a Márcio Souza.

Sem nenhuma dependência de posicionamentos que estarão por vir de líderes locais e outras agremiações políticas, o pré candidato Márcio Souza (PSOL) reafirmou numa entrevista no decorrer desta semana na Rádio Jovem Pan o acerto com o PSB na indicação do vice na chapa majoritária.

O PSB que prepara seu Congresso festivo para escolha do novo Diretório no mês de março vindouro, onde será apresentado temas importantes para a sociedade e as eleições municipais onde haverá um pré anúncio da coligação a ser oficializada no mês de agosto do ano corrente.

Entre os presentes e convidados estará Márcio Souza e demais militantes do PSOL. Quem viver verá!

Fonte: JPINEWS
Por Antônio Barbosa

Lançamento da pré-candidatura de Dominguinhos, coloca PT no jogo e mostra que é pra valer

Na noite de ontem, sexta-feira, 24, o Partido dos Trabalhadores na cidade de Estância, deu posse aos novos membros do Diretório e com um grande ato lançou a pré-candidatura de Dominguinhos Machado para prefeito da Cidade Jardim.


Logo no início a Sociedade dos Incautos, abriu o evento com o Recital Poético “Do Povo Buscamos à Força”, com a interpretação dos atores: Yves Uellendahl, Allana Rocha, Luiz Souza, Vitória D’Almas, Thaylane Aragão, Stephanie Caroline e Luan Victor.

Diversas lideranças estaduais estiveram presentes no evento, como: O Vice-presidente Nacional do Partido dos Trabalhadores, Márcio Macedo, o Senador da República, Rogério Carvalho (PT), o Deputado Federal, João Daniel (PT), o Deputado Estadual Iran Barbosa (PT), o Vereador Artur Nascimento (PT), a Vice-presidente da CUT, Ivônia Aparecida,  o Presidente do PDT em Estância, Luiz Carlos Dussantus, a militante social e representante do Coletivo do Quilombo e de juventude do PT, Bruna, o representante da CUT/Sergipe, Jairo, o líder do MST, Batista, a representante da sub-sede do SINTESE, Maria Augusta e a convidada de honra, Lurian Lula da Silva, filha do ex-presidente Lula, além de lideranças dos município de Santa Luzia, Indiaroba, Boquim, Salgado, Arauá, Pinhão e Aracaju.

O clima de unidade presente foi o grande norteador do ato em torno de uma pré-candidatura a prefeito de Estância. Todas as lideranças presentes se comprometeram com o projeto que será liderado a partir de agora por Dominguinhos Machado. “Nós vamos conversar com as pessoas, de casa em casa, nas feiras livres, nos campos de futebol, nas praças, nas escolas, etc. Tenho certeza que o projeto que será apresentado pelo PT irá erradicar o analfabetismo no município, fará com que pela primeira vez o saneamento básico seja levado à sério na nossa cidade. Iremos também fazer da Cidade Jardim um lugar magnífico para se viver, principalmente para as crianças.”, disse Dominguinhos.

A vice-presidente da CUT, Ivônia Aparecida, disse que candidatura própria do PT sempre foi um sonho: “Nós da Articulação de Esquerda, sempre sonhamos com candidatura própria. Fico feliz que O PT de Estância esteja num novo momento e vamos sim às ruas, pedir voto para o nosso candidato Dominguinhos”, disse Ivônia.

O senador Rogério Carvalho enfatizou: “Quem foi que disse que o PT não pode ter candidatura? O PT têm todo o direito de ter candidatura, em Estância, em Aracaju ou em qualquer cidade do Brasil, porque temos legado. Foram os avanços sociais dos governos Lula e Dilma no Brasil e de Marcelo Déda em Sergipe, que faz com que o Partido dos Trabalhadores possa ir às ruas dialogar com o povo. Não somos nós que temos que nos explicar, nós estamos onde sempre estivemos, no lado certo da história”.

O Vice-presidente Nacional do PT Márcio Macedo falou a redação do Entre Notícias: “Tenho absoluta certeza que o PT de  Estância acerta ao escolher Dominguinhos como pré-candidato a prefeito. Essa cidade que têm uma veia de esquerda, onde o proletariado é e sempre foi muito presente, em lutas e resistências, sempre foi solidária com os candidatos petistas, Déda, Zé Eduardo, Rogério Carvalho, Iran Barbosa, Ana Lúcia, João Daniel e eu, fomos todos muito bem votados na Capital Brasileira do Barco de Fogo, mas falta a Estância, experimentar uma gestão do PT e tenho certeza que a partir de 01 de janeiro de 2021, Dominguinhos começará a colocar em prática um novo projeto de cidade buscando uma melhor qualidade de vida para os estancianos”, disse Márcio.

“Dominguinhos o MST vai estar com você, na Zona Rural, nas ruas, nas feiras, nos assentamentos, onde você estiver, vamos tá juntos. Tenho certeza que iremos vencer às eleições, porque Estância não merece mais esse gestor que aí está”, disse Batista do MST, amigo e irmão de sonhos do saudoso Careca do MST.

O vereador Artur disse que é importantíssima a candidatura de Dominguinhos: “Um candidatura forte para prefeito, ajuda e muito a chapa proporcional, mas, o mais importante, é dar a oportunidade aos estancianos de votar num projeto diferente deste que está aí e de outros que se assemelham a este”, disse Artur.

Lurian Lula da Silva agradeceu à CUT e ao MST pela solidariedade: “Não há palavras suficientes para agradecer à CUT e ao MST pela resistência nos 580 dias em que meu pai ficou preso injustamente na república de Curitiba, muito obrigada mesmo. Somente um partido como o PT, que é o maior partido da América Latina, de forma organizada e junto aos movimentos sociais e sindicais, é capaz de tirar o Brasil deste momento assombroso que estamos vivendo. Dominguinhos você tem o meu apoio e certamente o apoio do ex-presidente Lula.”, enfatizou Lurian.

O Deputado Estadual Iran Barbosa falou da importância da unidade partidária: “É muito importante a unidade que o PT de Estância está realizando em torno da pré-candidatura de Dominguinhos, e espero que faça escola para as demais regiões. Apoio totalmente a sua candidatura companheiro e estou à sua disposição para essa luta.”

O radialista e Presidente do PDT em Estância, Luiz Carlos Dussantus se disse chocado com o fato de Bolsonaro ter sido eleito presidente do Brasil: “Minha geração nunca foi tão ofendida quanto com o resultado das eleições de 2018 para presidente da república. Pois, foi a minha geração que lutou por um país democrático, enfrentando ditaduras. Ficamos chocados com o emburrecimento político do brasileiro que elegeu a coisa mais nefasta e abjeta e sórdida do pensamento político. Mas os sonhos não estão perdidos, boa sorte Dominguinhos e vamos à luta”, disse Dussantus.

Antes do encerramento do ato, Dominguinhos apresentou alguns pré-candidatos a Câmara de Vereadores, como: Artur Nascimento, Ivônia Aparecida, Mário Dias, Lindoval Soares, Leila Calumby, Layra do MST, Daniele da Astraes, Perereca “O pulo certo”, dentre outros.

Por Cláudio Hiroshy / Portal Entre Notícias

Adriana Leite admite possibilidade de disputar as eleições em 2020 contra Gilson Andrade

Entre os dias 17 e 31 de julho, o município de Estância, região Sul de Sergipe, teve a professora Adriana Oliveira Santos Leite, ou simplesmente Adriana Leite, como prefeita. Ela deixou o posto de vice e assumiu o comando da cidade nos últimos 15 dias, período em que o prefeito Gilson Andrade esteve em férias.


Esta foi a primeira vez que Adriana sentou na cadeira de chefe do Executivo. “Estava há dois anos e meio como vice-prefeita, portanto, já era oportuno que tal momento ocorresse”, afirma a professora, que, além de ansiosa, também estava pronta para esse momento e procurou estar “atenta e atuante”.

“Atenta e atuante para tomar decisões preventivas para problemas que pudessem surgir, a exemplo da previsão de chuvas intensas que havia, mobilizando a nossa competente Defesa Civil e demais Secretarias para atuar prontamente se houvesse necessidade”, diz ela. A rotina nesses 15 dias também incluiu idas às Secretarias para, com o que ela chama de olhar diferenciado, buscar identificar pontos de melhorias.

“Também busquei atender a diversas demandas de cidadãos para pronto atendimento pelas Secretarias, bem como encaminhar pleitos ao presidente Jair Bolsonaro para que uma das escolas militares que ele pretende implantar no Brasil venha sê-lo em Estância, uma vez que quanto mais investimento de criação de opções na educação, melhor para nossas crianças e jovens”, revela.

Os pleitos também foram encaminhados ao governador Belivaldo Chagas, a quem Adriana solicitou, enquanto gestora, a abertura da ortopedia e da UTI no Hospital Regional Jessé Fontes e a implantação da tomografia para melhor atender a saúde de Estância e de toda a região sul do Estado.

Questionada sobre se o período pode ser encarado como uma espécie de teste para uma possível candidatura dela ao Executivo, dessa vez como titular, Adriana admite que essa é, sim, uma possibilidade. “Mas as definições só serão tomadas em 2020”, adverte. Atualmente, Adriana é filiada ao PRB, partido do seu marido e ex-prefeito de Estância, Ivan Leite. Gilson Andrade está sem partido.

Embora reconheça que a alternância entre prefeito e vice-prefeito é algo normal – inclusive previsto na legislação –, Adriana reconhece que a troca de um homem por uma mulher no Executivo ainda não é corriqueira. “O que espero, como mulher que visa a igualdade e oportunidade para ambos os gêneros, é que ela ocorra com maior frequência”, diz.

Para Adriana, essa, sem dúvida, foi uma oportunidade ímpar. “Comecei a vida no seio de uma família humilde e que acreditou na Educação como um instrumento de ascensão social e de abertura de portas para diversas oportunidades, com os diplomas de Magistério e de Direito poder ser alçada ao cargo máximo do Poder Executivo municipal mesmo que temporariamente”, comemora.

Com relação ao futuro, ela diz que pede a Deus que continue a lhe dar discernimento para escolher as opções que forem possíveis ao longo de sua caminhada. “Há pouco tempo não imaginava ser candidata a um cargo público, fui candidata à vice-prefeita e fui eleita; fui candidata à deputada estadual e obtive a expressiva votação de 13.012 votos. Os próximos passos serão definidos no momento oportuno, sem açodamentos e sem vaidades”, reforça.

Fonte/Texto: JL Política

Suely Barreto: “É importante para Estância ter uma prefeita, preparada e com serviço prestado”

Esta terça-feira, dia 28, marcou o lançamento da pré-candidatura de Suely Chaves Barreto a prefeita de Estância, na região Sul do Estado, pelo Cidadania.


Bacharela em Direito, pós-graduanda em Direito Penal, foi presidente de vários Conselhos Municipais, com capacitações em dependência química e trabalho com prevenção e combate às drogas há 11 anos, há cinco, Suely, instigada por esse processo de protagonismo feminino, enveredou pela política partidária.

Ela é secretária estadual do Cidadania Mulher e coordena, em Estância, o Projeto Mulheres de Cores, que tem o objetivo do empoderamento feminino, usado agora para angariar mulheres que queiram atuar no cenário político, como aconteceu com a própria Suely, que participou da primeira disputa eleitoral em 2016, quando concorreu ao mandato de vereadora, também em Estância.

“Não fui eleita, mas fui a segunda mulher mais votada do meu grupo e foi uma das maiores experiências que tive na vida, porque pude ver como é a arrumação política, a luta para ocupar espaços e como, infelizmente, o processo é muito mais difícil para o sexo feminino, por inúmeras causas. Temos um processo grande de desconstruir o machismo na política”, admite Suely.

De acordo com ela, o que a motivou, lá em 2016, e continua motivando agora é exatamente a necessidade de construir essa renovação. “Para que as pessoas de bem, com capacidade e serviço prestado ocupem seus espaços, porque há uma fala muito negativa sobre os políticos, como se todos fossem iguais, e sabemos que há pessoas preparadas e com excelente intenção de fazer o melhor para a cidade, para as pessoas”, afirma.

Segundo Suely, o sonho dela e do grupo é o de fazer um governo que valorize a minoria, que torne todas as pessoas protagonistas do processo político, para que tenham extrema participação. Inclusive, para isso, o partido aprovou que será, em Estância, um coletivo da cidadania, cujo objetivo não é o de apenas resgatar os títulos que o município já teve, como de Cidade-Jardim e berço da cultura sergipana, mas de empoderar as minorias.

“O poder emana do povo e essa população esquecida pode mudar essa história”, ressalta Suely. “Espero que mais mulheres ocupem espaços e tem sido gratificante ver as mulheres abraçarem a proposta, se identificarem com meu nome, aqui eu tenho o apoio de mulheres ambulantes, manicures, empresárias, professoras, estudantes, e ver que elas estão me abraçando é muito bacana”, reconhece.

Para ela, esse é o começo da realização de um sonho. “Eu sonho em ver as mulheres representando bem não só em Estância, mas no país. A gente tem dado apoio, incentivo e capacitação às mulheres em todos os municípios, para que mostrem o porquê somos diferentes e merecemos esse espaço”, ressalta. Para Suely, está na hora de Estância ter uma prefeita.

“É importante que o município tenha uma prefeita competente, com serviço prestado, que entenda as necessidades”, diz. E as necessidades passam, segundo Suely, pela atenção ao litoral, que, segundo ela, está abandonado; pela priorização da educação e da segurança. “Também temos que discutir e planejar um governo eficiente que envolva as pessoas. Trazer uma campanha nova, com novas propostas”, garante.

Ela diz que, mesmo as mulheres lutando por igualdade e não por superioridade, é bom ver que toda essa mudança de cenário venha acontecendo por uma mulher. “Fico feliz em trazer essa proposta”, reitera. Segundo Suely, o grupo do Cidadania está unido e fazer parte dele foi uma escolha natural. “Sou filha do PPS, hoje Cidadania. Foi meu único partido, então, estou na casa que escolhi para seguir minha trajetória política e entendo que é a melhor”, justifica.

Suely Barreto diz que, tanto para o partido quanto para ela, é fundamental que a sociedade seja a protagonista da política.  “Me envolvi aos 17 anos com movimentos sociais e, independentemente do ano ou do cargo que ocupe, vou sempre estar participando da política, porque entendo que sou um peça importante nessa construção da vitória do bem”, garante.

Fonte: JLPOLITICA

Segundo Rogério, pré-candidatura do PT em Aracaju é certa e nem Lula reverte

Rogério Carvalho: “Lula é sempre levado em conta, mas eu acho difícil a militância caminhar de forma diferente” Os líderes do Partido dos Trabalhadores em Sergipe estão mais do que...

“Não vou entrar para fazer figuração”, informa Georlize Teles, pré-candidata do DEM a prefeita em Aracaju

Georlize promete colocar seu nome em campo e ir em casa em casa dizer porque quer ser prefeita Uma das primeiras delegadas mulheres de Sergipe, primeira mulher secretária de Estado...

PT lança pré-candidatura a prefeito nesta sexta, 24 em Estância

O Partido dos Trabalhadores (PT), lança na noite desta Sexta-Feira, (24), a pré-candidatura do ex-vereador Domingos Machado, (Dominguinhos do PT) a prefeitura Municipal de Estância. Antes do lançamento acontece a...

Agora vai? Governo faz licitação para revitalização da Rodovia João Bebe Água

Tapete de aceso para o Município de São Cristóvão e seu turismo, a Rodovia João Bebe Água - conhecida pelo infame apelido de “Rodovia da Morte” - ao que parece,...

Theme Settings