Menu

Mendonça Prado diz que André Moura é vaqueiro

Ele quer transformar povo sergipano em gado, disse o ex-deputado em entrevista no Jornal da FAN

Com um discurso que o partido está em nova fase e se modernizando, o presidente do DEM, Mendonça Prado, falou em entrevista ao Jornal da Fan 1ª Edição que a composição do novo diretório regional do DEM já está em Brasília com a direção nacional do Democratas e dele fazem parte nomes já conhecidos do partido e gente nova, também.

Ele disse que o anúncio com todos os nomes será feito em breve. Mendonça Prado adiantou apenas alguns nomes: coronel Jorge Husek, ex-diretor do Procon em Sergipe, Osvaldo do Espírito Santo, ex-secretário de finanças de Aracaju, além dos já conhecidos a senadora Maria do Carmo, a ex-secretária Selma Mesquita e o ex-deputado estadual e pai do deputado estadual Georgeo Passos, Antônio Passos.

No decorrer da entrevista, o ex-deputado federal assumiu, também, discurso de pré-candidato a governo do Estado.

Para Mendonça, o prefeito Edvaldo Nogueira e o governador Jackson Barreto ganharam as eleições graças a ele “e todos os que têm cargos nessas duas gestões, devem a mim”, falou ao ressaltar que, apesar disso, se mantém independente. “Eu não tenho amarras”, reforçou.

Sobre André Moura (PSC), deputado federal e líder do Governo Michel Temer, Mendonça Prado disse que não tem a menor simpatia pelo congressista e o chamou de vaqueiro por querer transformar o povo sergipano em gado. “Falo com todos os políticos, menos com André Moura e o senador Amorim”, ressaltou.

Empréstimo – O presidente do DEM criticou o pedido de empréstimo feito pelo governo JB à União por meio da Caixa. “Eu não tomaria esse empréstimo! Sergipe está com o cartão de crédito estourado e vai pegar mais um empréstimo? Isso vai acabar de quebrar o nosso Estado”, falou. Na avaliação de Mendonça, ao invés de empréstimo, o governador deveria extinguir secretarias.

Mendonça Prado em entrevista ao Jornal da FAN

Related Posts

LEAVE A COMMENT

Theme Settings