Menu

Somente nesta quarta, seis tartarugas foram encontradas mortas no litoral de Aracaju

Causa das mortes ainda não foram identificadas. Um estudo laboratorial será realizado.

Durante esta quarta-feira (14), seis tartarugas foram encontradas mortas no litoral de Aracaju (SE). Um monitoramento foi realizado da Praia da Coroa do Meio até a Praia do Viral. Segundo Ricardo Araújo, coordenador do Núcleo de Desenvolvimento Institucional da Fundação Mamíferos Aquáticos, a causa da morte dos animais ainda não foi identificada. Amostras foram recolhidas para estudo em laboratório e os animais enterrados.

Ricardo alerta que ao encontrar uma tartaruga morta, a população não deve tocar no animal nem se aproximar, já que a causa da morte não foi identificada.

As atividades de Monitoramento de Praias, desenvolvidas pelo convênio MAR, parceria entre a Fundação Mamíferos Aquáticos e o Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP), fazem parte do Subprograma Regional de Monitoramento de Encalhes e Anormalidades na Área de Abrangência da Bacia Sergipe-Alagoas (PRMEA), medida de avaliação de impactos ambientais exigidas pelo licenciamento ambiental federal, conduzida pelo IBAMA e de responsabilidade da Petrobras.

De acordo com Ricardo, não é comum encontrar seis tartarugas mortas em um único dia, mas essa não é a primeira vez. Ele destaca que a maioria dos animais mortos é da espécie oliva, típica do litoral de Sergipe. E, a causa da morte geralmente acontece por causa do lixo jogado no mar e da pesca irregular.

Na manhã do sábado (10), uma tartaruga foi encontrada morta na Praia da Caueira, em Itaporanga D’Ajuda, litoral sul de Sergipe.

Serviço

A pessoa que encontrar uma tartaruga morta deve ligar para equipe de monitoramento através do telefone (79) 99164 – 0707.

Por G1 SE, Aracaju / (Foto: Vera Nilza)

Related Posts

LEAVE A COMMENT

Theme Settings