Menu

Estância: Solenidade revela um Tiro de Guerra mais organizado após 20 anos sem reforma.

A solenidade ocorreu no pátio do TG 06-013, bairro Alecrim, em Estância na tarde deste sábado (17) e contou com a presença de diversas autoridades e convidados.

Além da Vice-prefeita Adriana Leite (PRB), estiveram presentes o secretário de governo – Renato Silva Júnior; Gilmário Cruz (Diretor da Guarda Municipal), Washington Reis (Chefe de Instrução dos Bombeiros Civis); Vereador Dionizio Neto que no momento representava a Casa do Legislativo; representantes do 28º Batalhão de Caçadores de Aracaju; e o novo Chefe de Instrução do TG 06-013 – Subtenente do exército Hewer.

O chefe de instrução subtenente Hewer Ricardo Vilanova Machado introduziu seu discurso fazendo a leitura da mensagem a todos os presentes. Antes da cerimônia de apresentação dos novos atiradores, o chefe de instrução falou na sala de aula sobre a organização militar, os serviços e os atiradores.

Comandante de visão:

O Tiro de Guerra foi construído em 1986 pelo então prefeito da época Carlos Magno Costa Garcia e aos poucos foi ficando esquecido por seus diretores. Até o ano de 1998 o TG sobreviveu em meio ao descaso, na época comandado pelo ex-chefe de instrução Subtenente Santos que devolveu a autoestima aos pais, atiradores daquela unidade militar.

Já se foram quase duas décadas e ao chegar em solo estanciano de imediatamente o novo chefe de instrução subtenente Hewer convidou os colaboradores como o guerreiro Joseclan para buscar parcerias com as empresas e lojas de diversos segmentos com o objetivo de devolver para aquele Tiro de Guerra a estrutura mínima para as condições necessárias dos trabalhos no dia a dia.

Com essa visão, o novo chefe de instrução fez o impossível para deixar o quartel pronto para a cerimônia de incorporação dos novos recrutas.

“Quando cheguei aqui, fiquei bastante assustado com o que encontrei, e de imediato chamei os colegas aqui do tg e fomos em busca de parcerias com os amigos, prefeitura e empresários aqui de Estância – eu mim sentia envergonhado de atender um pai de um atirador e de receber as pessoas no gabinete e graças ao esforço e a parcela de contribuição de cada um, podemos juntos transformar o nosso tg em um verdadeiro espaço militar”. Disse Hewer.

Sabendo da relevância um dos parceiros do TG, o empresário Nilson da Abc Calçados declara sua paixão pelo exército: “Eu como todos os estancianos, estava triste em ter nosso espaço militar aos poucos se acabando, por falta de manutenção e de pessoas que realmente tivesse visão – hoje sou um parceiro do tiro de guerra e estou muito feliz em poder retornar aqui e ver todo essa unidade restaurada – a gente sabe que ainda falta alguém chegar aqui e também ajudar nessa construção – quando vejo esses recrutas desfilando a vontade é de entrar em forma”. Brincou Nilson.

Cerimonia

A cerimônia teve início por volta das 17h e adentrou a noite com a apresentação dos novos atiradores.

Reforma básica, quartel organizado

Quem esteve no tiro de guerra durante a solenidade, viu algo diferente e ousado na decoração de todo seu espaço físico.

No pátio foram hasteadas todas as bandeiras dos Estados brasileiros, o quartel recebeu pintura nova, móveis patrocinados pela Lojas Guanabara, serviços de capinação, reparo da estrutura física construída. A prefeitura também deu sua parcela de contribuição oferecendo os serviços de pintura e capinação.

A decoração ficou muito bonita com a exposição dos manequins vestidos e trajados de uniformes do exército patrocinados pela Loja ABC Calçados, mini palco decorado de tecido camuflado, uma bandeira do Brasil estendida na entrada principal deu o destaque de toda a exposição. As bombeiras civis também deram um brilho a mais ao evento e sem contar da sincronia dos novos atiradores durante sua apresentação.

Toda a apresentação foi assistida pelas autoridades, pais e convidados dos atiradores e do Tiro de Guerra, empresários que se somaram para essa grande realização em um ambiente aconchegante com iluminação de led, cadeiras e ao final, foi servido um coffe break.

O Tiro de Guerra que presta relevantes serviços para a Cidade de Estância foi criado em 1986 e está submetido a 6ª região militar, é um dos mais antigos da região em atividades ininterrupta, atuando na formação da reserva não remunerada do exército.

Além da parceria com os empresários historicamente os atiradores receberam aulas de atendimento pré-hospitalar, resgate e análise preliminar de riscos instruídas pelos bombeiros civis como forma de gratidão e parceria.

 

Por: Washington Reis / SERGIPE REPÓRTER (Foto: SECOM / Prefeitura de Estância)

Related Posts

LEAVE A COMMENT

Theme Settings