Menu

Torcida organizada do Confiança emite nota sobre invasão

Torcida organizada do Confiança emite nota sobre invasão

A torcida organizada Trovão Azul, do Confiança, emitiu uma nota para esclarecer os fatos acontecidos na última quarta-feira, 18, quando membros da organização invadiram o estádio Sabino Ribeiro durante um treino e depredaram a academia e um veículo de um funcionário do clube. Segundo a nota, os membros da torcida tinham a intenção de ter uma conversa pacífica com o elenco azulino, mas foram impedidos de entrar no Sabino Ribeiro. A nota destaca ainda que a torcida pede desculpas pelos prejuízos e se coloca à disposição para repará-los.

Confira abaixo a nota na íntegra:

“A Torcida Trovão Azul vem a público, em respeito aos nossos membros, simpatizantes e todos os Proletários, esclarecer os fatos que ocorreram na tarde deste 18 de julho. Ocorre que, inconformados com o momento nebuloso que atravessa a Associação Desportiva Confiança, nós, como torcedores proletários e apaixonados pelo Confiança que somos, nos sentimos obrigados a cobrar do elenco explicações do porquê de tamanha queda de produção. A [sic] nosso ver, não é normal um time que começou tão bem ter tamanha queda no desempenho da forma que vem acontecendo.

Ressalte-se que nos dirigimos à CASA DA NAÇÃO PROLETÁRIA, o Estádio Sabino Ribeiro, com o intuito de ter essa conversa com o elenco de forma pacífica. Entretanto, ao chegarmos, fomos impedidos de adentrar ao estádio. Um indivíduo que se diz funcionário do Confiança, em uma atitude extremamente autoritária, que não condiz com o suposto cargo que ocupa, em posse de uma barra de ferro, tentou impedir os membros que estavam adentrando ao [sic] estádio, pois segundo o mesmo, “ali a Trovão Azul não entraria”. Infelizmente a nota oficial do Confiança não relatou tal fato, que foi o gerador de tudo que aconteceu posteriormente.

Nesse toar, alguns dos integrantes atiraram pedras com o intuito de revidarem a esta agressão gratuita e acabaram atingindo a vidraça da academia e o carro do fisioterapeuta do clube. Pedimos publicamente desculpas pelos danos materiais causados e nos colocamos à disposição para repará-los, pois nossa torcida é composta de pessoas honestas e que não aprovam qualquer tipo de depredação de qualquer natureza. Ademais, diferente de alguns, não temos o costume de nos eximirmos das nossas responsabilidades.

É triste, porém tal postura nada mais é do que um retrato do que o Confiança tem se tornado. Criou-se uma verdadeira blindagem a qualquer tipo de crítica ou cobrança, como se o trabalho executado pela Diretoria fosse sempre perfeito. Entretanto, diferente do que alguns esperam, jamais fecharemos os olhos para o que entendermos que está errado.

Entretanto, ratificamos que em nenhum momento aqueles que ali estavam possuíam o intuito de tornar a cobrança em um ato violento, tampouco depredar O NOSSO PRÓPRIO PATRIMÔNIO. Sim, nosso! Pois o patrimônio da Associação Desportiva Confiança, diferente do que pregam alguns, é da Nação Proletária. O Confiança não é de nenhum grupo, tampouco de nenhum indivíduo. Como disse nosso patrono Joaquim Sabino Ribeiro, o Confiança é do povo!
Nós como torcedores temos o direito e o dever de apoiar o time em qualquer circunstância e isso sempre fizemos e faremos. Entretanto, é também direito e dever do torcedor cobrar quando as coisas não vão bem.

Por fim, reiteramos nosso compromisso de reparar os danos materiais causados e ratificamos o nosso compromisso com a Associação Desportiva Confiança. Compromisso de sempre apoiar quando for nossa obrigação e de cobrar quando for necessário. Porque o Confiança é gigante. O Confiança tem torcida e essa torcida merece ser respeitada, seja por diretoria, comissão técnica ou jogadores! Jamais nos calaremos, tampouco esmoreceremos na luta por um Confiança melhor.

Torcida Trovão Azul, Aracaju, 18 de julho de 2018”.

Related Posts

LEAVE A COMMENT

Theme Settings