Menu

ESTÂNCIA: Comerciante anuncia que fechará as portas após ser vítima de bandidos pela 3ª vez este ano

Não é de agora que a Cidade de Estância sofre com a insegurança, quase todos os dias, por menos que seja o delito tem algo para ser registrado na Delegacia Regional e na Delegacia das Mulheres e Grupos Vulneráveis.

A falta de segurança no município de Estância, e em todo o estado de Sergipe, tem tirado o sossego dos comerciantes e da população e feito muito deles ter que tomar medidas duras, ao ponto de anunciar o fechamento do estabelecimento devido ao excessivo número de vezes que foi vítima de bandidos que estão reinando por conta da certeza da impunidade que tem beirado o estado.

Em Estância, um comerciante do ramo de bebidas foi surpreendido na manhã desta quarta-feira, 01, ao abrir o seu estabelecimento comercial em uma das principais e movimentadas avenidas do município.

De acordo com o proprietário, os bandidos tiveram acesso ao local, subindo por um muro que fica no intervalo de uma auto escola e uma residência desabitada, os bandidos subiram pelo telhado dessa residência e quebraram o telhado no qual teve êxito, em seguida derrubaram o pvc e desceram pela prateleira de bebidas até alcançarem seus objetivos que era o de furtar quase 180 caixas de cervejas em lata de 350ml. O intuito dos bandidos, segundo o proprietário era de estourar o caixa e subtrair dinheiro, já que da última vez eles conseguiram furtar uma quantia grande por um descuido do próprio proprietário. Ele ainda informou que as características do arrombamento e do furto são idênticas aos do último que teve no mesmo local.

Ao terem acesso, os bandidos quebraram o caixa, e subiram a mercadoria pelo mesmo local que adentraram. Pelo cenário ele acredita que o furto tenha a participação de mais de uma pessoa e que desconfia de alguns suspeitos.

Essa foi a terceira vez somente este ano que o empresário foi vítima de bandidos. O fato foi registrado na Avenida Raimundo Silveira Souza, próximo a Auto Escola Alagoas.

Em depoimento ao portal “Sergipe Repórter”, o comerciante fez um desabafo e confessou que irá fechar as portas.

“Vou fechar as portas, não aguento mais tanta insegurança, não temos como manter um comércio aberto só para os bandidos, cadê nossa segurança? como os ladrões subtraíram dezenas de caixas de cerveja e ninguém viu? já registramos um boletim de ocorrência e pedimos ao estado que tome providências o mais breve possível, pois sabemos que quando a polícia quer ela encontra, seja quem for ela encontra, já temos um suspeito do último furto que teve aqui, a polícia já sabe, tem que achar, se fosse nós fossemos ricos, a polícia já estava em campo, já tinha resolvido, falo do estado, nós cidadãos, estamos trabalhando para bandido e repito, esses que vieram aqui na madrugada foram os mesmos do último episódio, isso está virando novela”, disse o proprietário.

O comerciante disse está decidido em fechar as portas, pois ainda se recupera do último furto e apela pelas autoridades do Município e do Estado: “Apelamos pelas autoridades municipais e estaduais que intensifiquem os trabalhos ostensivos nas ruas, que atenda ao chamado da central 190 que muitas das vezes não funciona, que realmente proteja o nosso patrimônio e os cidadãos, são vocês nossos funcionários, o governo somente gerencia, então ficamos a mercê da bandidagem e ter que abandonar o barco por não termos mais como suportar”. Completou o proprietário.

Na última semana uma loja de roupas foi limpada pelos bandidos e sem contar dos registros de roubos e furtos que tem crescido no município.

Por: Washington Reis / SERGIPE REPÓRTER

Related Posts

LEAVE A COMMENT

Theme Settings