Menu

Bombeiros Civis de Sergipe divulga nota de falecimento do Sargento Raimundo Ramos da Policia Militar.

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do Sargento Raimundo Ramos, que prestou relevante serviço social a Cidade de Estância através da sua Ong projeto Eu Acredito, onde teve a missão de incentivar, instruir mais de mil crianças e jovens na formação a educação, ao esporte e ao Projeto “Bombeiros Mirins”. Foi Presidente do Rotary Clube de Estância e mesmo enfrentando um câncer, batalhando com essa doença que afeta milhões de pessoas no Mundo, ele resistiu até o dia 18 de agosto de 2018.

Policial Militar no Estado de São Paulo, trouxe um legado para Sergipe. A fundação da Escolinha de Formação de Bombeiros Civis Mirins, criada por ele, Tenente BM Clemilsson e Bombeiro Civil Washington Reis.

“Nós do BOMBEIROS CIVIS DE SERGIPE estamos de luto pela morte do sargento RAIMUNDO RAMOS que foi um exemplo de dedicação ao trabalho e sempre disposto a contribuir para o conhecimento e a melhoria dos serviços prestados pelos seus projetos”.

Na oportunidade prestamos todas as condolências e solidariedade aos familiares. O velório está sendo realizado na PAF – Plano de Assistência a Família, na Rua Helvécio Araújo, antiga rua dos amarelos, e o sepultamento ocorrerá às 16h deste domingo (19) para o cemitério local em Estância.

Redes Sociais:

Desde a primeira informação publicada ontem, nas redes sociais, amigos, companheiros de farda, familiares, autoridades municipais comentam sobre a morte de Raimundo Ramos. Em resumo todos falam praticamente a mesma língua: “Um homem de caráter, guerreiro, um homem de Deus, de luta, vencedor, que sempre trabalhou fazendo o bem sem olhar a quem, ele tinha o verdadeiro amor ao próximo, e nos deixou com a missão de continuar seus projetos”.

Raul Ramos

Na semana que antecedeu a sua morte, seu filho Raul, havia comentado com o Bombeiro Civil Washington Reis que seu pai já estava indo se encontrar com Deus, conversou com o mesmo para juntos dar continuidade a formação dos Bombeiros Mirins, qual disse que irá sim, continuar juntamente com os demais companheiros de farda e do projeto o curso dos bombeiros mirins.

Sindicato dos Bombeiros Civis de Sergipe:

Em nota, o presidente do Sindicato dos Bombeiros Civis de Sergipe, presidente Magalhães emitiu com afinco sua homenagem. “Lamentamos profundamente o ocorrido com esse grande dedicador dos serviços sociais e da formação das nossas crianças sergipanas, que desde cedo, aprenderam o sentido de salvar vidas, por meio de sua lição”. Presidente Magalhães.

“Ramos para mim foi mais que um amigo, foi um irmão, um homem que promovia a inclusão social, que proporcionava ensinamentos relacionados a área social esportiva, cultura e a formação das crianças no bombeiro mirim, que nos ensinou desde cedo, amar o próximo como a si mesmo, cumpriu sua missão, honrou sua palavra, as vezes deixava de atender seus filhos, para se dedicar a quem nunca viu, a sua casa era de risos e abraços, de crianças, de amigos, era repleta de amor. As crianças tinha Ramos como um pai, e lembro das suas fortes emoções, das suas broncas com o intuito de corrigir algo que estava errado, das suas batalhas para se conseguir um incentivo, um patrocínio para ajudar nos projetos da ong, não era Raimundo Ramos um político, ele era simplesmente um homem de palavra, compromisso e um homem de Deus”. Washington Reis.

Bombeiros Civis de Sergipe

Related Posts

LEAVE A COMMENT

Theme Settings