Menu

Torneio do Bomfim completa 30 anos de casa nova

Diferente do futsal profissional, que teve seu auge e hoje busca fôlego para se recuperar e mostrar força novamente, o futsal amador de Estância fez o caminho inverso. Estamos falando do torneio mais famoso e concorrido de Estância, que este ano completa três décadas de tradição.

O torneio de grandes prêmios em dinheiro além de troféus e medalhas, é considerado para os estancianos, o mais organizado, e competitivo entre as ruas que participam.

O torneio que é realizado desde o fim dos anos 80 é uma referência e já revelou um celeiro de craques para o futsal e futebol sergipano.

De acordo com o fundador do certame, Aécio Sacramento, o evento esportivo teve inicio a partir da ideia de um grupo de jovens católicos realizarem os jogos entre as ruas do bairro Bomfim. Aécio contou a nossa equipe que o torneio tinha como principal objetivo a integração entre os moradores do bairro e sempre acontece antes dos festejos religiosos do padroeiro Senhor do Bomfim.

A competição completa este ano, 30 anos como conta o fundador.

“Após ter fundado o torneio ainda na década de 80, passei dez anos à frente da organização, mas logo tive que trabalhar na capital sergipana e passei a bola para os próprios moradores desportistas do bairro e esses atletas de fim de semana conseguiram impor e manter uma tradição do esporte na cidade, que perdura até hoje.  Naquela época, os jogos eram bastante sadios, e antes do inicio dos jogos, sempre a nossa comissão organizava também a parte cultural como apresentação de peças teatrais o que abrilhantava ainda mais o nosso torneio”. Revelou Aécio.

Em Estância, o que se pode ser destacado, além do sentimento pelo esporte, é que o futsal e futebol amador é visto além do lazer e em boa parte, esses eventos esportivos são realizados e incentivados pelo Poder Público Municipal, mas como uma oportunidade de ajudar a promover os bairros e uma maneira de que os seus munícipes realizem a atividade durante todo o ano.

Como todos os eventos de tradição o do Bomfim também passou por crises financeiras e barreiras. A sua quadra que vivia superlotada foi arrastada em 2010 por uma enxurrada após as enchentes do Rio Piauitinga. Com essa catástrofe o torneio passou a ser realizado na Quadra Poliesportiva do Conjunto Mariota Mesquita do mesmo bairro por quase 9 anos.

O futebol estanciano também já esteve no topo, mas depois de escândalos e a queda do principal time da Cidade, o Estanciano. A cidade agora esta voltada para a sua outra equipe… O Boca Júnior que já iniciou seus treinos para a temporada 2019 e apresenta seu elenco e musa nesta sexta 11 no Bar e Restaurante XPTO.

Ao todo, oito equipes participam da competição e sempre foram essa quantidade durante os trinta anos, cada equipe representa uma rua do Bairro e só podem participam moradores do próprio bairro.

Segundo um dos organizadores, “Coelho Moto taxi”, para este ano haverá um torneio inicio que acontece às vésperas da competição, no dia 17.

Já o início do torneio começa no dia seguinte, dia 18, sexta às 20h na quadra poliesportiva do SESI, antiga quadra do bairro Bomfim que foi totalmente reconstruída.

Serão 9 dias de jogos, oito equipes que estão divididos em dois grupos de quatro, os vencedores avançam para a semifinal e final que está marcada para o dia 26.

A equipe do Arlindo Silva foi a equipe que mais conquistou titulo durante os trinta anos da competição.

O homenageado do certame este ano será o ex-atleta de futebol José Wilson de Jesus Santos, que defendia as cores do Camaçari durante o torneio.

As expectativas dos jogadores na cidade em especial do Bairro Bomfim são grandes, e vão estrear de casa nova como por exemplo, o atual campeão Mariota Mesquita que conquistou o titulo em 2018 sobre a equipe do Domingos Alves Ribeiro.

Casa Nova

No espaço onde havia a quadra de futsal do Bairro Bomfim, foi construído um complexo esportivo contendo duas quadras de futsal e um campo de futebol Society com grama sintética.

A nova estrutura que pertence ao SESI custou o valor de R$ 1.099,974,50 (um milhão, noventa e nove mil, novecentos e setenta e quatro reais e cinquenta centavos) e será inaugurada na tarde desta terça-feira 9. A inauguração contará com vários desportistas da região, autoridades Estaduais e municipais e do Diretor Regional do SESI Sergipe, Eduardo Prado de Oliveira.

A Quadra Poliesportiva e Campo de Futebol Society homenageia “Nelson Emídio dos Santos”.

Por: Washington Reis / SERGIPE REPÓRTER

Related Posts

LEAVE A COMMENT