Menu

Delegacia de Boquim crê em homicídio qualificado contra empresário

Os primeiros levantamentos da Polícia Civil para investigar a morte do empresário José Carlos dos Santos, de 53 anos, já estão em andamento.

A vítima foi assassinada na noite da terça-feira, 25, em rodovia próxima a cidade de Boquim. O delegado Marcelo Hercos, titular da delegacia de Boquim, está conduzindo as investigações e não descarta outras hipóteses, mas acredita que o crime foi um homicídio qualificado contra o empresário que era dono de um parque de diversões.

“É a principal hipótese (homicídio qualificado), porque nada foi roubado do empresário na ação criminosa”, explicou o delegado, justificando que essa condição afasta, por momento, a linha de latrocínio. O empresário estava na companhia de outras três pessoas no carro que saíram ilesas. Elas já foram identificadas e devem ser ouvidas pelo delegado nos próximos dias. O celular do empresário também já foi recolhido pela Polícia para perícia. Marcelo Hercos informou que não daria mais detalhes da investigação para não atrapalhar as diligências, mas reforçou que o caso será tratado com prioridade no município.

De acordo com informações da Polícia Militar, o empresário residia em Lagarto e estava indo em direção a Boquim, quando foi surpreendido por dois homens em uma motocicleta na rodovia estadual que interliga os municípios. Os homens emparelharam com o carro e fizeram disparos. Em primeiro levantamento da PM, o empresário não apresentava histórico criminal.

Por Ícaro Novaes / INFONET (Fot: Cleo Menezes)
Com informações da SSP/SE

Related Posts

LEAVE A COMMENT