Menu

Meteorologia prevê que agosto será o mês mais frio do ano em Sergipe

Dias mais escuros, chuvas mais intensas e menos abertura de sol em todas as regiões de Sergipe.

O clima mais frio exigiu dos sergipanos a retirada dos casacos do armário e o clima bem característico do inverno continua no estado. As temperaturas mínimas caíram bastante e chegaram aos 14° em algumas regiões de Sergipe. Esse friozinho deve se estender até o fim deste mês de agosto, principalmente no Semiárido e Agreste do estado.

De acordo com Centro de Meteorologia do Governo de Sergipe, da Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente de Sergipe, Serhma, o mês de Agosto será um mês típico de inverno aqui no estado. O meteorologista Overland Amaral explicou que a temperatura em Aracaju e demais regiões do interior tendem a permanecer baixas e citou como exemplo um povoado do município de Riachão do Dantas, que registrou temperatura mínima de 14°. “Agosto será mais frio que julho, haja vista que as temperaturas mínimas registradas na capital chegam em torno de 17° que diferencia do ano passado no mesmo período que estava mais quente, com mínimas de 19°. No interior, nesse mês, já registramos temperaturas mínimas de 14° principalmente nas regiões Centro Sul e também no Alto Sertão” explicou Overland.

Moradora do Conjunto Assis Chateaubriand, na Zona Norte da capital, a auxiliar de limpeza, Damiana Arimatéia, 35 anos, sentiu a diferença no clima e conta que as temperaturas atuais a fizeram mudar de hábitos. “Aracaju é muito quente o ano todo e é difícil usar agasalho, mas o inverno deste ano me fez tirar o casaco do armário. Pra tomar banho, só de água quente, porque a água que sai das torneiras estão geladas.  As noites estão mais frias e pra dormir só com dois cobertores”, declara.

Para a mestranda em letras, Sarah Regina Santos, as camisetas cederam lugar aos casacos com a mudança do clima. Moradora da capital, Aracaju, e trabalhando em Tomar do Geru, no Território Sul do Estado, ela gostou da mudança no clima e espera que o friozinho se estenda até o começo da primavera. “É evidente a mudança no clima, tanto em Geru como em Aracaju, sendo que na primeira é mais acentuada. As temperaturas estão mais baixas, especialmente nos períodos vespertino e noturno. Percebe-se a ocorrência de ventos fortes e ambientes mais frescos, chegando a sentir frio em algumas noites. Enfim, clima muito agradável para o ambiente laboral bem como para curtir o lar”, comemora.

Sobre as chuvas, o meteorologista informa que neste mês as chuvas estarão dentro da média e a perspectiva é que as chuvas continuem até final do mês, e possivelmente ultrapasse, chegando a setembro com as mesmas características. “Porém as chuvas do mês de agosto não serão semelhantes as do mês de julho, todavia, podemos ter passagem de frente fria, mas é uma situação de normalidade que se da por conta da circulação das massas atmosféricas principalmente das massas frias que chegam até nossa região”, alertou Overland.

Fonte:  ASN(Foto:/Marcos Rodrigues)

Related Posts

LEAVE A COMMENT