Menu

Importância da Feira Nacional da Reforma Agrária vai ser debatida em audiência pública

A busca por uma alimentação à base de alimentos saudáveis, livre de agrotóxicos, tem crescido, cada vez mais entre os brasileiros. Muitos desses alimentos, produzidos de forma agroecológica, vem de áreas cultivadas em assentamentos e acampamentos. A Feira Nacional da Reforma Agrária abre as portas para mostrar um pouco do que é produzido nesses espaços em todas as regiões do país. Para debater a importância desse evento, que este ano chaga à sua 4ª edição, o deputado federal João Daniel (PT/SE), juntamente como deputado Airton Faleiro (PT/MG), apresentaram o requerimento nº 116/2019, na Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (Cindra) para a realização de uma audiência pública, que acontece nesta quinta-feira, dia 12, às 10 horas, na Câmara dos Deputados.

Realizada no estado de São Paulo, a feira é uma experiência nacional de comercialização direta das produções dos assentamentos de reforma agrária e leva toda a diversidade produtiva e cultural do campo para a população da cidade. Assentados e acampados de Sergipe sempre estão presentes, levando alimentos e artesanato produzido nas áreas de reforma agrária aqui no estado. Além da comercialização, destaca João Daniel, a Feira Nacional tem o papel importante de dialogar com milhares de pessoas sobre a importância e a necessidade da realização da reforma agrária voltada à produção de alimentos saudáveis para o abastecimento da sociedade.

A Feira tem um histórico da participação de 230 mil pessoas por edição e são comercializadas de 420 toneladas a mais de 1,2 mil toneladas livres de agrotóxicos. Normalmente realizado no Parque Água Branca, em São Paulo, agora em 2019 o governador do Estado vetou que o evento acontecesse naquele espaço.  Inclusive, recentemente, foi aprovado na Câmara Municipal de São Paulo o Projeto de Lei 86/2019, para incluir no calendário oficial do município a “Semana Municipal da Feira Nacional da Reforma Agrária”, diante da relevância e inserção social do tema.

“Diante desta situação e considerando a importância do tema, inclusive porque a Organização das Nações Unidas lançou o programa mundial da Década da Agricultura Familiar, propomos esta audiência para debater a importância da Feira Nacional da Reforma Agrária”, explicou o deputado João Daniel.

Para a audiência foram convidados representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), o vereador Jair Tatto, autor do Projeto de Lei 86/2019 que institui a “Semana Municipal da Feira Nacional da Reforma Agrária”; o ex-senador e atual vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy, representantes da Campanha Permanente contra Agrotóxico e pela Vida, do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), do Movimento Cultura; a chef de cozinha Bel Coelho, e Glenn Makuta – Slow Food.

Por Edjane Oliveira, da Assessoria de Imprensa

Author

Wash

Wash

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, texercittion ullamco laboris nisi ut aliquip

Related Posts

LEAVE A COMMENT

Make sure you enter the(*) required information where indicated. HTML code is not allowed

Theme Settings