Menu

Homem faz cinco pessoas reféns em bar na Lapa, no Centro do Rio

Por Matheus Rodrigues e Ricardo Abreu, G1 Rio e GloboNews

Homem armado com faca faz reféns em bar na Lapa, no Rio

Homem armado com faca faz reféns em bar na Lapa, no Rio

Um homem armado com uma faca e uma garrafa com, supostamente, gasolina fez cinco pessoas reféns em um bar na Lapa, no Centro do Rio de Janeiro, na tarde desta sexta-feira (29).

Segundo o porta-voz da Secretaria de Polícia Militar, coronel Mauro Fliess, o criminoso “possivelmente” também estaria com uma arma de fogo. O estabelecimento fica na Rua do Rezende.

“São cinco reféns. A ocorrência começou com seis, mas um foi liberado. As tropas especiais já estão com uma equipe montada para garantir a negociação, com o objetivo de preservar vidas. Ele tem um facão, de tamanho razoável, e possivelmente uma arma de fogo”, afirmou Fliess.

A ocorrência teve início por volta das 15h, quando homens do Corpo de Bombeiros foram acionados para socorrer vítimas de agressão por “arma branca”. No local, porém, foi constatado que se tratava de um sequestro com reféns no local, chamado Bar da Preta, que já estava parcialmente fechado.

“É possível que dentro de um bar fechado ele tenha outros instrumentos que possam fazer mal ou vitimar algumas pessoas”, acrescentou o porta-voz da PM.

A Polícia Militar foi acionada e agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foram para o local tentar negociar com o criminoso a libertação dos reféns.

Por volta das 16h, agentes do Bope tentavam negociar com o homem.  — Foto: Reprodução/TV Globo

Por volta das 16h, agentes do Bope tentavam negociar com o homem. — Foto: Reprodução/TV Globo

A princípio, eram seis vítimas, mas uma foi liberada. Às 16h50, a PM informou que mais um refém foi liberado. Ou seja, por volta do mesmo horário ainda havia quatro pessoas mantidas presas pelo criminoso.

A TV Globo apurou que dois funcionários da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), a dona do bar, identificada- como Lúcia Aparecida Ferreira Baptista, de 64 anos, e o cozinheiro do estabelecimento ainda eram mantidos reféns.

“Eu almocei aí hoje. Fui embora momentos antes disso acontecer. Minha mãe é hipertensa, tem problema do coração. Eu fico preocupada”, disse Elaine Pereira, filha da dona do bar.

O sequestrador, de acordo com as primeiras informações, se chamaria Danilo e seria vendedor de bebidas na região do Centro.

Discussão teria motivado sequestro

Uma das motivações possíveis para o crime teria sido uma discussão entre o vendedor de bebidas e um segurança do bar. A briga teria ocorrido há alguns dias.

EBC divulga nota

Em nota, a EBC informou que “presta assistência” aos empregados mantidos reféns. Segundo a companhia, três das vítimas são empregados da EBC, e no momento em que foi divulgado o texto, um dos colaboradores já havia sido libertado.

“A Direção da EBC e os gestores da Regional Rio de Janeiro estão monitorando a situação de perto e prestando todo o apoio necessário, inclusive jurídico, aos empregados e seus familiares”, informa o texto.

Bombeiros e a polícia estavam na Lapa para apoiar ação do Bope. — Foto: Reprodução/TV Globo

Bombeiros e a polícia estavam na Lapa para apoiar ação do Bope. — Foto: Reprodução/TV Globo

Interdição e desvio

Por conta da ocorrência, a Rua do Rezende foi interditada por volta das 15h. Um trecho da Avenida Mem de Sá, uma das principais vias da região, também foi fechado para a ação da polícia.

O trânsito do local foi desviado para a República do Paraguai, em mão invertida, no trecho entre a Mem de Sá e a Rua Evaristo da Veiga.

Equipes do 5º Batalhão de Polícia Militar (Praça da Harmonia) chegaram ao estabelecimento por volta das 15h40.

A ocorrência causou congestionamento no Viaduto do Gasômetro, na Avenida Francisco Bicalho e no Trevo das Forças Armadas, por volta das 16h20.

PMs armados na porta do bar onde homem mantém 5 reféns  — Foto: Reprodução/ TV Globo

PMs armados na porta do bar onde homem mantém 5 reféns — Foto: Reprodução/ TV Globo

Região onde polícia negocia com refém está interditada e com reforço policial  — Foto: Matheus Rodrigues/ G1 Rio

Região onde polícia negocia com refém está interditada e com reforço policial — Foto: Matheus Rodrigues/ G1 Rio

Reforço de policiamento na Lapa, Centro do Rio  — Foto: Reprodução/ TV Globo

Reforço de policiamento na Lapa, Centro do Rio — Foto: Reprodução/ TV Globo

Related Posts

LEAVE A COMMENT