Menu

Maria Santana

Moradores do Maria Santana em Estância fazem apelo ao Poder Público Municipal.

Moradores do Conjunto Habitacional Maria Santana Santos, denunciaram na manhã desta quarta-feira (23), ao programa Bom Dia Cidade da Rádio Abais am 1460 khz da Cidade de Estância, o retrato do abandono por parte do Poder Público Municipal.

Eles alegam a falta de compromisso com as pessoas do aludido conjunto e apelam por meio da imprensa local que o governo retorne imediatamente as obras que estão paradas desde o governo do ex-prefeito Carlos Magno.

“Estamos vivendo todos os dias os mesmos dias, e nada muda aqui em nosso local, no período chuvoso, as nossas casas são invadidas pelas águas dos esgotos que cortam toda a rua, o mau cheiro, a sujeira, os matos fazem com que a noite nossas moradias sejam invadidas por ratos, baratas e mosquitos. Estamos apelando por meio da imprensa porque já cansamos de esperar. Aqui é um local esquecido e quando chove forte, nossos filhos não vão para a escola porque o local fica inundado e intransitável. Estamos pedindo apenas o que é de nosso direito e nada mais, sai prefeito, entra prefeito e nada resolve, queremos a solução do problema”. Comentou a moradora Fabricia.

De acordo com a moradora Maria Lúcia, a rua não oferece condições de trafegabilidade. Além disso, não é calçada e há bastante entulhos espalhados e o esgoto correndo a céu aberto. Ela alega ainda que a rua passa por esses problemas há anos e que por lá só chegam promessas: “Difícil viver em um local que não dar as pessoas o mínimo de dignidade, ficamos até envergonhadas de convidar parentes e amigos para visitar nossa rua por conta do descaso, a noite encontramos outro problema… A falta de iluminação pública que escassa”. Disse Lúcia.

Em 31 de janeiro de 2015 a Câmara Municipal de Vereadores de Estância prestigiou a assinatura para ordem de serviços de urbanização e pavimentação do Conjunto Maria Santana Santos. No entanto foi divulgado no ato da assinatura que a Prefeitura investiria cerca de três milhões em calçamento, rede de esgoto e construção de creche. A celebração do presente ato marcou o início das obras com previsão de serem concluídos em setembro daquele ano.

O problema é que as obras pararam ou nem se quer começaram e as esperanças daquele povo aos poucos estão acabando e indo por água abaixo.

Segundo o ex vice-prefeito Filadelfo Alexandre que estava presente naquele ato revelou ao blog Parabólica News que foi feito a doação de terreno que mede 2.400 m2 para a construção de creche que vai criar oportunidades na comunidade para muitas mães que terão onde deixar seus filhos com segurança e conforto.

Confira as falas dos vereadores que estiveram presentes no ato de assinatura da ordem de serviços daquele ano.

Já na gestão do atual prefeito Gilson Andrade o povo chegou a se animar, criaram expectativas, mas as obras estão paradas. Foi feita a substituição das manilhas para evitar que as residências fossem tomadas por águas das chuvas, apenas.

Por: Washington Reis / SERGIPE REPÓRTER

Estância: Moradores do Maria Santana reclamam de rua intransitável

Buracos, esgoto a céu aberto e matagal na Rua Maria Santana, bairro Bomfim em Estância, têm gerado várias reclamações e insatisfação por parte dos moradores. Na manhã desta segunda-feira (12),...

Theme Settings