Delegacia de Estância: Sem plantão nos feriados, durante a noite e nos finais de semana Featured

Delegacia de Estância: Sem plantão nos feriados, durante a noite e nos finais de semana

A Delegacia Regional de Estância conhecida como a Capital do Sul Sergipano onde abrange cerca de 09 Municípios está sem plantão noturno, nos feriados e nos finais de semana.

O seu expediente funciona apenas das 8h às 18h de segunda a sexta-feira e fora desse período a cidade fica a mercê da bandidagem e obviamente que esses períodos aqui mencionados são os que tem mais registros de ocorrências em Estância a exemplo do último sábado quando uma equipe de reportagem da imprensa local questionou o porquê das prisões serem realizadas no Sul de Sergipe em especial a Cidade de Estância e são transportados para a Delegacia de Itabaiana a cerca de 120 km o que de fato deixa a cidade desamparada.

Essa notícia não é muito surpreendente quando se trata de policiamento no interior pois esses questionamentos está sendo abordado desde meados de abril e sem delegado plantonista e o caso fica pior com o encerramento do expediente nos finais de semana onde o índice de crimes de diversas naturezas são praticados.

Além do seu trabalho ostensivo a Policia Militar por meio do 6º BPMSE agora se transformou em polícia de taxi para conduzir os marginais presos em Estância e região até Itabaiana.

O patrulhamento da Policia Militar tem pego muita gente de surpresa e o comando está realizando em Estância diversas abordagens com o objetivo de flagrar, coibir, apreender e prender meliantes que estão praticando os crimes nas ruas da Cidade.

Boletim de Ocorrência

Se já era difícil registrar um Boletim de Ocorrência agora ficou pior: Pois é... Caso ocorra qualquer tipo de crime durante esse período fora do expediente supracitado a vítima terá que aguardar o expediente para registrar o BO.

Resumindo o assunto é que a sociedade mais uma vez está a mercê da bandidagem e sendo mais um refém do Governo do Estado de Sergipe.

O que acontece é que a sociedade está calada e só dar seu grito de protesto quando algo de pior acontece ou com o próprio e você já deve pensar que uma pessoa é vítima de um roubo na sexta à noite terá que esperar passar o final de semana e tentar registrar seu boletim de ocorrência somente na segunda-feira, dia que é considerado em Estância um caos devido a grande concentração de pessoas de vários municípios que visitam a feira livre e o comercio local. Os crimes vão desde os pequenos furtos, roubos até os mais violentos e tudo fica acumulado em um expediente.

Agora o que é mais caro para o Governo: Garanti mais recursos humanos ou gastar com combustível nessa longa viajem de ida e volta a capital do agreste.

Só lembrando mais uma vez que essa ida até Itabaiana se torna arriscada, deixa a cidade desguarnecida e aumenta o consumo de combustível aos cofres públicos.

Do nosso ponto de vista

Veja que estamos acompanhando os trabalhos da Policia Militar em Estância e região e nos deparamos com esse tipo de situação que até constrangedora para os cidadãos que pagam seus impostos em dia. O que estamos explicando é que a Policia Militar do 6º Batalhão de Estância está trabalhando diurna mente para combater a criminalidade e pensamos o seguinte.... Analise com a gente o quando de combustível essas viaturas vão gastar em um mês fazendo essas viagens todos os dias.

Calculando

Vamos supor que a Policia Militar efetue três prisões diárias e que esses marginais têm que ser transportado para Itabaiana certo? Então... veremos o seguinte... Cada viajem equivale a 220 quilômetros que multiplicado daria 660 km por dia. Vamos pegar esses 660 km e dividir por 15 km/litro por cada viatura que daria uma média de 44 litros de combustível por dia. Agora somamos esses 44 litros pelo preço médio do combustível que é de R$ 3,80 que é igual a R$ 162,20/dia isso sem contar os desgastes dos militares, da manutenção dos veículos, o risco nas estradas, troca de óleo entre outras coisinhas que estão sendo injetadas em nosso orçamento como presente do Governo de Sergipe para com seus milhares de cidadãos. Multiplicamos os 44 litros/dia por 30 dias que é igual à 1320 litros/mês o equivalente à R$ 5.016.00 reais por mês de gastos com combustíveis somente para esse trabalho de transporte sem contar os trabalhos ostensivos que não podem parar em Estância e região.

Por exemplo: No sábado anterior (07/10) uma equipe do 6º BPMSE realizou a prisão em flagrante delito de Alberto Santos Conceição e Elton John de Jesus Silva pela prática do crime de tráfico de entorpecentes e mais uma vez flagramos as equipes saindo de Estância para Itabaiana.

Por: Washington Reis / SERGIPE REPÓRTER (Foto: ARQUIVO SERGIPE REPÓRTER)

back to top