Menu

Defesa Civil

PROCON de Estância intensifica fiscalização para evitar comercialização de produtos com preços abusivos

Com o objetivo de evitar que a população seja prejudicada nesses tempos de quarentena e combate ao coronavírus, as equipes do Procon de Estância estão intensificando os trabalhos de fiscalização no comércio local para evitar o aumento abusivo de preços, não só dos produtos diretamente ligados a proteção ao vírus (álcool gel e máscaras, por exemplo), mas também de todos os produtos em geral.


 

Segundo a Delegada e Secretária de Defesa Social e Cidadania de Estância, Georlize Teles, o trabalho não para e tem como objetivo proteger a população da exploração nesse período. “Estamos atuando e podemos autuar os comerciantes que estiverem comercializando produtos com preços acima do normal”, alertou.

É importante frisar que o consumidor pode e deve denunciar toda e qualquer prática de preços abusivos diretamente ao Procon pelo telefone (79) 3522-7107.

Por: Juliano Lima / FACTUAL 1

Meteorologia prevê tempo instável com chuvas intensas nos próximos dias em Sergipe

O Centro de Meteorologia de Sergipe informou nesta quarta-feira (25), que prevê tempo nublado e, com possibilidade de chuvas intensas e trovoadas para o todo o estado durante os próximos dias.

A previsão para essa quinta-feira (26), é de tempo nublado, com precipitações leves nas regiões Centro- Sul e Baixo São Francisco. Já na sexta-feira (27), o tempo deve continuar nublado, com ocorrência de chuvas leves nas regiões Norte e Centro Sul.

“É importante ressaltar a possibilidade da ocorrência de pancadas de chuvas isoladas em qualquer parte do estado devido às instabilidades atmosféricas atuantes. Tudo indica que teremos uma estação chuvosa, que também pode vir acompanhada de trovoadas, relâmpagos e rajadas de ventos, com características convectivas”, explica o meteorologista Overland Amaral.

Defesa Civil

A Defesa Civil estadual pede que a população fique atenta a essa previsão de chuvas intensas até esta sexta-feira. Quem desejar receber o alerta do órgão, via SMS, deve enviar mensagem para o número 40199, informando o CEP da localidade. Situações de emergência devem ser informadas pelo telefone 193. Na capital, intercorrências também podem ser informadas pelo número 199.

Por G1 SE— Foto: TV Sergipe/Reprodução/Arquivo

Chuvas com trovões e relâmpagos vão permanecer durante a semana

Trovões e relâmpagos ocorridos madrugada desta segunda-feira, 23, deixou alguns sergipanos assustados. Os fenômenos vieram acompanhados de fortes chuvas, que se estenderam no início da manhã em algumas regiões do estado. A meteorologia prevê que os trovões, relâmpagos e chuvas vão continuar ao longo da semana.


“Nós estamos entrando na nossa estação chuvosa. Outono traz chuvas volumosas em nosso estado, com um cenário de instabilidade constante e dinâmica intensa na atmosfera, que acabam provocando grandes descargas elétricas. Até o início de maio, teremos essas chuvas, que são potencializadas de acordo com a temperatura” explica o meteorologista Overland Amaral.

Embora seja um período de chuvas intensas, Overland frisa que as temperaturas não devem cair. A previsão é que todo o estado seja atingido pelas chuvas acompanhada de trovões.

Sergipe deve receber ainda nesta mês as chamadas chuvas tropicalizadas. Conforme Overland, elas vêm se deslocando do norte em direção a região sul.

Possibilidade do fenômeno Cumulonimbus

A chegada do outono e a dinâmica atmosférica do período podem provocar fenômenos como o Cumulonimbus, visto na última semana no interior da Bahia. Uma grande nuvem em formato de cogumelo, em tom alaranjado, provocou perplexidade em quem passava na região. De acordo com Overland, são grandes nuvens que se formam a um quilômetro acima do solo, e podem chegar até o topo da atmosfera. “São nuvens de formação quente, onde lá na ponta do cogumelo estão gotículas de água. As nuvens podem ter trovões e até formação de granizo” explica o meteorologista, acrescentando que o fenômeno pode acontecer em Sergipe.

Por Ícaro Novaes  – Portal Infonet

Sergipe tem previsão de chuvas intensas para as próximas 72 horas

O meteorologista da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), Overland Amaral, divulgou nesta segunda-feira (16), a previsão de chuvas intensas para o estado nas próximas 72 horas. A informação foi baseada nos dados Instituto Nacional de Meteorologia (IMET).

A previsão é que segunda-feira (16), o tempo fique nublado com ocorrência de chuva nas regiões centrais e Norte do estado, o volume de água pode chegar a 10mm. Já na terça-feira (17), é provável a ocorrência de chuvas nas regiões Agreste Central, Alto e Médio Sertão durante todo o dia, essas chuvas podem quantificar volume de 20mm à 50mm.

Na quarta-feira (18), a previsão é que o tempo permaneça chuvoso nas regiões Sul e alguns pontos do Centro Sul e adjacências. O volume de chuva pode atingir 50mm. E na quinta-feira (19), o tempo deve ficar nublado, com ocorrência de chuvas em todas as regiões do estado, em especial a parte Oeste que pode ter volume de chuva de 20mm.

Por G1 SE— Foto: TV Sergipe/Reprodução/Arquivo

Defesa Civil confirma 14 mortes na Grande BH por causa da chuva

Sobe para 14 o número de mortos na região metropolitana de BH por causa das fortes chuvas

Sobe para 14 o número de mortos na região metropolitana de BH por causa das fortes chuvas

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais informou, neste sábado (25), que 14 pessoas morreram em decorrência das chuvas que atingem o estado nos últimos dias.A informação foi dada à TV Globo pelo coronel Rodrigo Rodrigues.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, há sete feridos, 2.590 desalojados e 911 desabrigados.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Edgar Estevo, afirmou que houve mortes em Belo Horizonte, Ibirité e Betim. Ele não detalhou, entretanto, o número de mortes por cidade. Ainda de acordo com o coronel, os óbitos ocorreram em deslizamentos de terra e soterramentos.

No total de 3.375 pessoas foram atingidas diretamente pela chuva. Trinta e seis municípios foram afetados em todas as regiões do estado, sendo a Leste e a Grande BH as mais prejudicadas.

Mais cedo, a sala de imprensa do Corpo de Bombeiros disse que duas pessoas morreram em um soterramento na Vila Bernadete, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte. Nesta sexta-feira (24), a corporação também registrou outras três mortes por causa da chuva em Ibirité, na Região Metropolitana, onde as buscas seguem por uma mulher.

Segundo os bombeiros, nesta manhã, as buscas também continuam na Vila Bernadete. Ainda não foi divulgado o número total de desaparecidos no local. De acordo com os militares, moradores disseram que seis casas teriam desabado.

Os bombeiros também trabalham no bairro Jardim Alvorada, onde cinco pessoas são procuradas sob escombros. De acordo com o coordenador-adjunto da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, tenente-coronel Flávio Godinho, informações preliminares dão conta de que são três crianças e dois adultos.

Neste sábado, além de Belo Horizonte e Ibirité, os bombeiros também estão mobilizados em ocorrências de desabamento e soterramento em Betim.

Uma delas é na Rua Londres, no bairro Duque de Caxias. O prefeito da cidade, Vittorio Medioli, afirmou na madrugada deste sábado (25) que quatro pessoas estão soterradas.

Os bombeiros também fazem buscas na Rua Campo Formoso, no bairro Jardim Terezópolis. Ainda não há informações sobre possíveis desparecidos neste local.

Em Juatuba, na Grande BH, a prefeitura informou que decretou situação de emergência por conta das chuvas. O prefeito da cidade, Antônio Adonis Pereira (Patriotas), disse que as regiões mais afetadas foram os bairros Ponte Nova e Cidade Nova 4.

Recorde de chuva

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) afirmou que Belo Horizonte teve o dia mais chuvoso da história da cidade, desde o início da medição climatológica há 110 anos. Em 24 horas, o acumulado de chuva chegou a 171,8 milímetros em Belo Horizonte.

Desde quinta-feira (23), a chuva atinge a Grande BH. Nesta sexta-feira na capital, desde a madrugada, os transtornos são inúmeros: córregos e ribeirões transbordaram, vias tiveram que ser interditadas e áreas foram atingidas por deslizamentos de terra. Durante a noite, mais uma vez houve chuva forte, trazendo novos problemas na cidade.

Na Região Metropolitana, a chuva castigou municípios como Betim, Contagem, Raposos e Ibirité.

De acordo com a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Belo Horizonte, neste sábado (25), a previsão meteorológica indica que o dia será de céu encoberto com chuvas a qualquer hora do dia e o acumulado pluviométrico deve ser abaixo de 50 mm. A mínima foi de 18°C, a máxima estimada é de 23°C e a umidade relativa mínima em torno de 85% à tarde.Por G1 Minas — Belo Horizonte

Céu nublado e pancadas de chuva predominam em Estância nesta quinta

O tempo nublado e as pancadas de chuva que predominam sobre o município de Estância, sul de Sergipe nesta quinta (23), seguem nesta sexta, diz previsão. Não há informações de...

Secretaria da Defesa Social e Cidadania divulga balanço das ocorrências no final do ano, na praia do Abaís

Milhares de pessoas passaram a virada de ano na praia do Abaís, movimentando a economia local e aproveitando os atrativos naturais e gastronômicos da região. Assim, a Prefeitura de Estância...

Ponte de Pirambu: tráfego de veículos não será liberado no Réveillon

A ponte erguida sobre o rio Japaratuba que interliga os municípios de Pirambu e Barra dos Coqueiros não será liberada para a passagem de veículos de passeio neste Réveillon. Somente pedestres, bicicletas...

Theme Settings