Sergipe Repórter

Após ser detido, suspeito oferece R$ 200 mil para não ser preso em SE

Policiais civis da Delegacia de Boquim prenderam em flagrante um homem que é suspeito pela prática de estelionato.

No momento da prisão, ele chegou a oferecer R$ 200 mil a agentes da Polícia Civil para que não fosse detido. A ação policial ocorreu nessa terça-feira, 28.

De acordo com o delegado Paulo Cristiano, o investigado tinha 13 mandados de prisão em aberto pelos estados da Bahia e Minas Gerais.

“Houve uma troca de informações entre as Polícias Civis da Bahia e de Sergipe e foi possível constatar que em Boquim havia um cigano foragido da Justiça. Fizemos diligências e conseguimos abordá-lo”, detalhou.

No momento da ação policial, ele se apresentou com documentação falsa. “Ele foi conduzido para delegacia e se constatou que o documento era falso. No momento da prisão pela documentação falsa, ele e os familiares tentaram subornar os policiais, sendo lavrado o flagrante por corrupção ativa”, acrescentou.

Os mandados de prisão são referentes aos crimes de estelionato e porte ilegal de arma de fogo. O investigado fazia parte de uma organização criminosa que praticava fraudes contra o INSS. Ele já encontra-se à disposição da Justiça.

Fonte: SSP

Related Articles

Posso ajudar?