Artilheiro da história do Flamengo, Índio morre aos 89 anos

Artilheiro da história do Flamengo, Índio morre aos 89 anos

No Dia do Índio, o Flamengo perdeu um dos jogadores mais importantes de sua história. Morreu neste domingo, aos 89 anos, o ex-atacante Aluísio Francisco da Luz, conhecido carinhosamente como Índio. O paraibano de Cabedelo é o décimo maior artilheiro do Rubro-Negro, com 140 gols.

Desde 2013, Índio, que defendeu o clube entre 1951 e 1957, foi homenageado cinco vezes pelo clube. Seja pelo seu aniversário (nasceu em 1º de março de 1931) ou em outros eventos do Flamengo. A família ainda desconhece a causa da morte do ex-atleta.

As homenagens feitas pelo Flamengo sempre tiveram como organizadores Sandro Rilho, atualmente internado por conta do novo coronavírus, e Bruno Lucena, coordenador do Patrimônio Histórico do Rubro-Negro.

Índio é o segundo da esquerda para a direita em homenagem do Flamengo aos aniversariantes de março em 2013 — Foto: Arquivo Pessoal

Índio é o segundo da esquerda para a direita em homenagem do Flamengo aos aniversariantes de março em 2013 — Foto: Arquivo Pessoal

Índio é figura importante dentro da história do Flamengo — Foto: Reprodução

Índio é figura importante dentro da história do Flamengo — Foto: Reprodução

Índio, craque do Flamengo, vestiu a camisa da seleção brasileira — Foto: Reprodução

Índio, craque do Flamengo, vestiu a camisa da seleção brasileira — Foto: Reprodução

Por GloboEsporte.com — Rio de Janeiro

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by