Sergipe Repórter

Batalha de busca-pés em Estância tem saldo de mais de 16 vitimas por queimaduras.

A brincadeira da batalha de busca-pés é boa e ao mesmo tempo perigosa, deixam marcas e até sequelas permanente. Pelo menos 16 pessoas ficaram feridas durante a noite de Santo Antônio.

Durante a batalha um homem ficou gravemente ferido e outras tiveram queimaduras de 1º grau (leve) e 2º grau que já é considerada grave.

Um busca-pé atingiu a porta principal da Agência Caixa Econômica, local que é proibido a soltura de fogos por decreto municipal. A porta de vidro ficou totalmente destruída.

A guerra sempre atrai muita gente e os busca-pés uma vez jogados na rua não tem direção e voam para qualquer lugar. Mesmo a área sendo limitada para a tradicional festa alguns fogem das regras e atiram busca-pés para outras áreas que são proibidas como a Praça Princesa Isabel em frente a Igreja da Santa Cruz e a Praça Orlando Gomes.

A Policia Militar esteve na Praça Orlando Gomes para tentar dispensar um grupo que soltava fogos mais era só a PM sair do local que eles voltavam com as batalhas.

Já na área liberada o fogo come no beco e os estancianos fazem a festa mais bonita entre eles.

Antigamente as batalhas de busca-pés não tinha essa limitação e a soltura desses fogos eram nas ruas da cidade em todos os bairros.

De acordo com informações um homem perdeu o pé após o estouro de um buscapé. 

Alguns atendimentos as vitimas de queimaduras no local estava sendo realizada por Bombeiros Civis e pela Equipe da Secretaria Municipal de Saúde. Outras vitimas foram levadas por populares para o Hospital Dr. Jessé Fontes.

Por: Washington Reis I SERGIPE REPÓRTER

Related Articles

Posso ajudar?