Sergipe Repórter

Casal de pastores acusado de assassinar e enterrar mulher em canavial é transferido pra Sergipe

O casal de pastores evangélicos, Reginaldo Ferreira da Silva e Leonice Ferreira Martins, já estão em Aracaju após terem sido presos no interior de São Paulo, no dia 24 de fevereiro. Eles estão à disposição do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que atualmente trabalha na conclusão do inquérito que investiga a morte por espancamento de Edjane de Jesus Silva, de 35 anos. A Polícia ainda tenta encontrar os restos mortais da vítima.

O casal, conforme as investigações, participaram do homicídio da mulher, que ocorreu no dia 03 de julho de 2020, no conjunto Marivan, bairro Santa Maria, em Aracaju. O filho do casal também teria envolvimento com o crime.

De acordo com o inquérito policial, após o homicídio, o corpo da vítima foi transportado no automóvel do religioso, durante a madrugada, para o interior de Alagoas, onde foi queimado e enterrado em um canavial. Segundo as investigações, a ocultação e destruição do corpo da vítima contou com a participação dos dois filhos do casal, um adolescente e o irmão Paulo Henrique Ferreira da Silva, este último preso com os pais pela equipe de investigadores da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic), em Araçatuba.

Após os crimes, os investigados fugiram para o interior de Sergipe, município de Riachuelo, depois seguiram para cidade de Birigui, interior de São Paulo. As investigações contaram com o apoio da 9ª Delegacia Metropolitana, Divisão de Inteligência (Dipol) e o apoio operacional da Polícia Civil do Estado de São Paulo.

Por FanF1

Related Articles

Posso ajudar?