Sergipe Repórter

Caso Lorrany: sepultamento acontece no cemitério São João Batista em Aracaju

As últimas homenagens e o adeus à pequena Lorrany Kethelyn, de seis anos, que foi encontrada morta em um local de morro no bairro Santa Maria, estão sendo prestados durante a manhã desta sexta-feira, 22. O enterro acontece no cemitério São João Batista, no bairro Ponto Novo

No local, populares clamam por justiça e pela responsabilização do principal suspeito do crime, um homem de 42 anos, identificado como Ricardo Alves Costa, que trabalhava na mesma rua onde a vítima residia.

Lorrany foi vista pela última vez com vida no fim da tarde desta quarta-feira, 20, enquanto brincava na porta de casa. Ela foi encontrada com marcas de violência como língua protusa, olhos escurecidos e manchas no pescoço.

No depoimento, o acusado negou ter estuprado a vítima, mas admitiu ter tido “contatos íntimos” com a criança e a matado por esganadura.

De acordo com as autoridades responsáveis pelo caso, somente o resultado dos laudos periciais poderão corroborar para a constatação dos primeiros indícios e depoimento do acusado.

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?