Sergipe Repórter

Chuva forte causa transtornos a moradores de Carmópolis

A forte chuva que começou na manhã deste domingo (23) e durou aproximadamente 40 minutos causou transtornos à população da cidade de Carmópolis. A informação foi confirmada pela Secretaria de Comunicação do Município.

O centro comercial ficou alagado e carros foram parcialmente tomados pela água. Residências, prédios públicos e o hospital do município também foram atingidos.

Parte da parede da casa cede após a chuva em Carmópolis — Foto: Secom/ Carmópolis

Parte da parede da casa cede após a chuva em Carmópolis — Foto: Secom/ Carmópolis

O município informou que já está sendo feita uma avaliação de danos. “Foi muita água em poucos minutos e graças a Deus a evasão também foi muito rápida, mas algumas casas ficaram com consequências e por isso nós estamos colocando toda a prefeitura de plantão. Estamos dando suporte a algumas famílias que necessitam sair de suas casas, porque essas casas correm algum tipo de risco devido às chuvas e disponibilizamos também para a população o número de diversas secretarias”, disse Hyago França, vice-prefeito de Carmópolis.

Em nota, a Prefeitura de Carmópolis emitiu alerta para o risco de alagamentos e deslizamentos de terra na cidade. Em caso de incidentes, a população deve entrar em contato com umas das secretarias:

  • Secretaria de Obras : (79) 9 9833- 5082/ 9 9174- 9747
  • Secretaria de Assistência Social: (79) 9 9683- 9810/ 9 9865-1676
  • Secretaria de Saúde: (79) 9 9610-1910
  • Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social: (79) 9 9689- 1385
Após a chuva, equipes da Prefeitura de Carmópolis fazem avaliação de danos nos locais atingidos  — Foto: SECOM/ Carmópolis

Após a chuva, equipes da Prefeitura de Carmópolis fazem avaliação de danos nos locais atingidos — Foto: SECOM/ Carmópolis

As equipes e maquinários da secretaria de Obras e Serviços Urbanos estão atuando nas ruas da cidade para remoção dos entulhos deixados pelas chuvas. O governo do estado enviou ao município uma equipe da Defesa Civil para avaliação dos principais pontos afetados.

“Passaram as chuvas, as águas escoaram e agora começa o trabalho de rescaldo de limpeza da nossa cidade. A Guarda Municipal, a DMTT e a nossa Defesa Civil monitorando os pontos críticos para que nós possamos ficar atentos. Foi uma chuva que veio de surpresa, sem que nós esperássemos”, disse o secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Social, coronel Magno Silvestre.

Por g1 SE — Foto: Laís Pereira

Related Articles

Posso ajudar?