Chuvas causam alagamentos em ruas e casas no litoral, povoados e bairros de Estância.

Chuvas causam alagamentos em ruas e casas no litoral, povoados e bairros de Estância.

O tempo deu uma trégua nesta sexta-feira (22), mais as chuvas fortes alagou casas e ruas e causou transtornos aos moradores da região das praias de Estância no Sul de Sergipe, povoados e bairros.

Uma das ocorrências provocadas pelas chuvas alagou a casa da dona Sonial Lúcia Maria dos passos “Soininha’, moradora do Porto do Mato que na foto mostra o nível da água no joelho.

“Olha só aonde chegou o nível da água aqui, está na altura dos meus joelhos”. Comentou Dona Soninha

Situação de alerta

A defesa civil municipal emitiu sinal de alerta durante todo o período chuvoso, em virtude dos alagamentos. O município informou que realiza o monitoramento dos bairros, para acompanhar os pontos de alagamento e simultaneamente realiza os trabalhos de drenagem, limpeza dos pontos alagados. Máquinas e caminhões da prefeitura foram encaminhados para trabalhar no escoamento da água.

Até o início desta noite, não havia registros de desabrigados e nem desalojados em Estância.

Confira alguns pontos monitorados

Bairro Santa Cruz

Na histórica ponte da fábrica da Santa Cruz o nível do rio Piauí atingiu o nível máximo chegando a transbordar.

Porto d’areia

No bairro Porto d’areia o rio transbordou e invadiu a pista de acesso a Avenida do Porto.

Avenida Mário Covas BR-101

Um dos pontos mais críticos de Estância durante as chuvas de maio fica localizado na ponte do Bairro Bomfim. Conforme registro da Defesa Civil Municipal, o nível do rio Piauitinga subiu até a calçada de um dos restaurantes localizados as suas margens. Em 2009 o bar XPTO foi atingido de cheio pelas chuvas e ficou submerso. Depois de uma década já em 2019 o rio chegou a invadir um lado do complexo de bares e restaurantes.

Passarela do Piautinga

O drama de quem vive às margens do rio Piauitinga. As enchentes que sempre ocorrem no mês de maio deixam moradores sem dormir e em alerta máxima. Mais dessa vez não houve registro de ocorrências.

Porto do Mato

No povoado Porto do Mato, moradores registraram diversos pontos de alagamentos e algumas tiveram que sair da quarentena por conta do grande volume de água que atingiram as ruas e chegaram a invadir algumas residências.

Praia do Abais

Na praia do Abais foram registrados vários pontos de alagamentos nas ruas

Algumas ruas tiveram erosões, rompimento de tubulação, alagamentos e bloqueios como a estrada que dar acesso ao Povoado Entre Rios. A ponte e a estrada ficaram embaixo da água. Moradores tiveram que usar outro atalho para saírem de sua colônia.

Por: Washington Reis / SERGIPE REPÓRTER – Fotos: Grupos de whatsapp

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by