Sergipe Repórter

Com pandemia, mais de 700 lojas fecharam as portas em Sergipe

Comércio eletrônico e auxílio emergência atenuaram a crise, aponta CNC

  

A crise econômica e as transformações no modelo de consumo impostas pela pandemia de covid19 levaram ao fechamento de milhares de lojas físicas em todo o país. No estado de Sergipe, entre inaugurações e fechamentos, o comércio perdeu 770 pontos de venda, conforme estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

O levantamento considera lojas com vínculo empregatício que entram no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e revelou que nenhum segmento do varejo apresentou expansão no número de estabelecimentos comerciais em 2020. Na região Nordeste, Sergipe registrou o segundo menor número de lojas fechadas, ficando atrás apenas do Piauí, onde foram encerradas 750 unidades. 

De acordo com a entidade, as perdas foram sentidas já em março, mas o mercado começou a mostrar uma reação a partir de maio, afastando expectativas mais pessimistas. O fortalecimento do comércio eletrônico e o benefício do auxílio emergencial, permitindo que a população mantivesse algum nível de consumo, foram listados como fatores que contribuíram para o reaquecimento do comércio.

Apesar da digitalização acelerada do comércio por conta da pandemia, o varejo ainda é muito dependente do consumo presencial, que responde por cerca de 90% das vendas. Além das incertezas sobre a retomada da abertura de lojas, a CNC considera que o comércio eletrônico, cujas vendas cresceram 37% no ano passado, não tem capacidade de gerar tantos empregos como as lojas físicas.

“O cenário para os próximos meses ainda se revela incerto quanto à magnitude da retomada do consumo presencial. Tal incerteza se encontra diretamente associada à evolução da crise sanitária e seus impactos sobre o nível de isolamento social da população”, aponta a CNC.

 Dados do Caged apontam que o comércio sergipano perdeu 309 postos de trabalho com carteira assinada ao longo do ano passado.

Com informações do site F5 NEWS

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?