Sergipe Repórter

Condutor que matou mulheres na Tancredo Neves é indiciado por homicídio culposo

O condutor do veículo que matou as motociclistas na avenida Tancredo Neves, em janeiro deste ano em Aracaju, foi indiciado pelo homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e omissão de socorro. A informação foi confirmada na manhã desta segunda-feira, 26, pela Secretaria de Segurança Pública em coletiva de imprensa.

De acordo com a delegada Daniela Lima, da Delegacia de Delitos de Trânsito, no momento do acidente, o condutor estava em uma velocidade de 108 km/h, com margem de 4 km/h para mais ou para menos, e ultrapassou o sinal vermelho. A velocidade permitida da via é de 60 km/h.

Conforme o coordenador geral de perícias, Nestor Barros, as duas mulheres envolvidas no acidente estavam no sentido Zona Norte da capital e fizeram a conversão à esquerda em local indevido na própria via. “Ambos os condutores contribuíram para que o acidente ocorresse”, disse Barros. 

Foram realizados dois exames toxicológicos que resultaram em embriaguez nas vítimas, com maior concentração na condutora da moto. Nenhum outro tipo de substância foi identificado.

Relembre o caso

Uma acidente de trânsito envolvendo uma motocicleta e um automóvel resultou em duas mortes, por volta das 4h30 de janeiro deste ano, na Avenida Tancredo Neves, no Bairro Jabotiana, em Aracaju. As duas mulheres, que estavam na motocicleta, morreram no local do acidente. O condutor do veículo fugiu sem prestar socorro às vítimas.

Por Gabriel Jesus I FAN F1

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?