Sergipe Repórter

Contra o Botafogo, Confiança amarga segunda derrota seguida na Série B

O Dragão conseguiu fazer um bom jogo defensivo, mas teve dificuldades no ataque

O Confiança teve sua segunda derrota seguida na Série B e, agora, se vê em uma situação ainda mais delicada para fugir do rebaixamento. Contra o Botafogo, no Rio de Janeiro, o Dragão conseguiu fazer um bom jogo defensivo, mas teve dificuldades no ataque, primeiro sem conseguir criar, depois, errando nas finalizações, sendo derrotado pelo Glorioso por 1 a 0.

O confronto começou em ritmo acelerado no Nilton Santos. Antes mesmo dos 15 minutos cada equipe teve duas oportunidades para abrir vantagem no marcador. Willians e Hernane assustaram para o Confiança. 

Pelo lado Alvinegro, Marco Antônio tentou duas vezes, mas esbarrou tanto no zagueiro Nirley quanto no goleiro Rafael Santos. No entanto, nos minutos seguintes, o ímpeto ofensivo não se manteve e o ritmo do duelo diminuiu. Somente nos acréscimos, o time da casa voltou ao ataque com Ronald, que avançou em velocidade pela direita, cruzou rasteiro, mas viu Rafael Santos afastar o perigo. 

No segundo tempo, o jogo seguiu sem grandes chances. João Paulo, aos nove, assustou para os visitantes. Enquanto, aos 13, Navarro e Warley tentaram para o Botafogo, mas pararam na marcação. Até que, já aos 30 minutos, Diego Gonçalves aproveitou cruzamento rasteiro de Warley e pegou de primeiro para colocar o Glorioso na frente. 

No embalo do gol, a equipe carioca quase marcou mais um em arremate de Oyama, que viu Rafael Santos fazer grande defesa. Tentando o empate, o Confiança teve uma última chance em mais uma cobrança de falta de João Paulo, que acertou o poste. 

Com o triunfo, o Botafogo chegou aos 59 pontos e segue na vice-liderança. Já o Dragão é o 19º colocado, com 31 pontos.

Com a derrota, o time proletário se vê a sete pontos do Brusque, primeiro fora da zona de rebaixamento. Em jogo, só restam mais 15 pontos e, caso vença todas as partidas restantes, o Dragão chega a 46 pontos, margem que ainda poderia mantê-lo na Segunda Divisão, mas sem 100% de garantias.

*Com CBF e NE45 Foto: Vitor Silva/Botafogo

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?