Coronavírus: Williams segue McLaren e deixa funcionários em licença

Coronavírus: Williams segue McLaren e deixa funcionários em licença

A Williams seguiu o exemplo da McLaren e deu licença a alguns de seus funcionários devido à pandemia de coronavírus e ao consequente fechamento temporário da fábrica de Grove, na Inglaterra. Além disso, a direção da equipe reduziu o salário de alguns de seus integrantes, como forma de cortar seus gastos e superar a crise. A equipe emitiu comunicado:

“Devido à situação atual envolvendo o Covid-19, a Williams Racing está dando licença de forma temporária a vários funcionários como parte de uma ampla gama de medidas de redução de custos. O período de licença vai até o final de maio, enquanto a alta administração e nossos pilotos terão um corte salarial de 20% a partir de 1º de abril. Essas decisões não foram tomadas de forma leve, no entanto, nosso objetivo é proteger os empregos de nossa equipe em Grove e garantir que eles possam retornar ao trabalho de tempo integral quando a situação permitir.”

ROKiT WILLIAMS RACING

@WilliamsRacing

Due to the ongoing situation involving Covid-19, ROKiT Williams Racing is temporarily furloughing a number of employees as part of a wider-range of cost-cutting measures.

Full statement 👇

ROKiT Williams Racing Statement

www.williamsf1.com

Pior equipe da Fórmula 1 nas últimas duas temporadas, a Williams é uma das equipes mais ameaçadas pela crise que se abate sobre a principal categoria do automobilismo pela pandemia de Covid-19, assim como Haas e Alfa Romeo.

Nesta segunda-feira, as equipes participam de uma videoconferência com a direção da Fórmula 1 para estudar medidas para minimizar os efeitos da crise. Uma delas é aprovar um teto orçamentário ainda mais baixo a partir da temporada de 2021 – o acertado por enquanto é de US$ 150 milhões (cerca de R$ 900 milhões) por equipe.

Por GloboEsporte.com — Grove, Inglaterra — Foto: Getty Images

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by