Covid-19: PROCON/SE notifica estabecimentos comerciais em Estância por descumprimento do decreto estadual

Covid-19: PROCON/SE notifica estabecimentos comerciais em Estância por descumprimento do decreto estadual

Ação do PROCON de Sergipe em parceria com a prefeitura de Estância visa orientar comerciantes sobre a necessidade de cumprir regras para enfrentamento ao novo corona vírus.

Uma blitz de parceria entre a prefeitura de Estância e órgãos de fiscalização estadual fiscalizou nesta quarta-feira (20), estabelecimentos comerciais que não fazem parte da lista de serviços essenciais liberados durante o período de quarentena para enfrentamento ao novo corona vírus. A ação ocorreu ao longo do dia e contou com a presença de policias militar do GATI da capital.

A ação reuniu funcionários do PROCON, Vigilância em Saúde e Defesa Civil Municipal na região central. O município cumpre o decreto estadual.

Durante a abordagem, as equipes encontraram lojas de produtos diversos que teve algumas repartições lacradas. Esse tipo de comércio não é considerado essencial e o proprietário foi orientado a isolar algumas prateleiras como brinquedos, livrarias, objetos de decorações e outros serviços não essenciais.

Esse tipo de ação também já foram realizadas em outros municípios sergipanos como Cedro de São João, Propriá, Aracaju e outros.

A operação também conta com a presença da Polícia Militar que garante a eficácia e a segurança da fiscalização.

Até a manhã desta quinta-feira (21), a cidade registra 92 casos confirmados da Convid-19. A cidade já contabiliza duas mortes provocadas pela doença.

A população pode entrar em contato com o Procon/SE por meio do telefone (79) 3211-3383, ou pelo e-mail: procon.online@sejuc.se.gov.br . Por esses canais, é possível tirar dúvidas ou ainda realizar denúncias sobre o descumprimento do Decreto Governamental, como a abertura de estabelecimentos comerciais não essenciais ou a não utilização de máscara; além do aumento abusivo de preços.

Por: Washington Reis / SERGIPE REPÓRTER

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by