Sergipe Repórter

Defesa Civil baiana registra 20 mortos e 31 mil desabrigados por chuvas na Bahia

As chuvas afetaram 116 municípios no Estado

A Defesa Civil da Bahia informou nesta segunda-feira, 27, que já foram registradas 20 mortes de pessoas após as fortes chuvas que atingiram a região sul do Estado nas últimas semanas.

De acordo com o órgão, 31,4 mil pessoas estão desabrigadas – pessoas que não possuem mais moradia – e desalojadas – pessoas que não conseguem acessar suas casas. As chuvas afetaram 116 municípios no Estado. 

Os dois óbitos mais recentes foram registrados pelas autoridades em Itabuna, onde uma mulher de 33 anos foi vítima de desabamento e um jovem de 21 anos foi levado pela correnteza. Do total de 116 municípios afetados, cerca de 100 declararam situação de emergência. 

Até o momento, o Governo Federal disse ter aplicado cerca de R$ 20 milhões da Defesa Civil Nacional nos esforços para atender a população atingida.

Nesta segunda, o Governo da Bahia divulgou também a abertura de uma linha de crédito especial, de até R$ 150 mil e com juro zero, para recuperar estabelecimentos comerciais prejudicados.

Governo de São Paulo envia equipe de apoio à Bahia – Agentes vão compor força-tarefa de auxílio às vítimas das chuvas. Também nesta segunda-feira, 27, uma equipe da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil de São Paulo, composta por quatro agentes, embarcou com destino ao Estado da Bahia para compor a força-tarefa enviada pelo governo paulista para auxiliar as vítimas das chuvas na região.

Segundo o Governo do Estado de São Paulo, a equipe auxiliará na elaboração de planos de trabalho, no restabelecimento dos serviços essenciais e na organização de abrigos para as vítimas.

Além disso, ajudará na mensuração dos danos, para auxiliar em caso de decretação de situação de emergência ou estado de calamidade pública.

Na manhã do domingo, 26, São Paulo enviou dois helicópteros Águia e dois aviões, como parte da força-tarefa, para auxílio na Bahia.

Na ocasião, também foram enviados outros 14 profissionais do Corpo de Bombeiros e do Comando de Aviação da Polícia Militar que embarcaram do Campo de Marte, na zona norte da capital paulista, e 16 da cidade de Ribeirão Preto.

Seis bombeiros já tinham partido na noite de sábado, 25, da Estação de Bombeiros, no bairro do Belém, em direção ao sul da Bahia, levando um caminhão com cinco embarcações.

Segundo informou o governo estadual, a força-tarefa é composta por oficiais e praças especialistas em resgates, salvamento e logística e a operação é integrada pelo Corpo de Bombeiros de São Paulo, Comando de Aviação da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros da Bahia, Fundação Florestal, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio – e voluntários. (Agência Brasil – Brasília).

Related Articles

Posso ajudar?