Defesa Civil de Estância monitora áreas de riscos, moradores estão em alerta e lembra drama de 2009

Defesa Civil de Estância monitora áreas de riscos, moradores estão em alerta e lembra drama de 2009

A Defesa Civil Municipal está monitorando áreas consideradas de risco durante o período chuvoso e nenhuma ocorrência foi registrada nas últimas 24 horas, mesmo com as fortes chuvas que caem sobre o município de Estância e quase todo o Estado.

Nesta terça-feira (19), a equipe da Defesa Civil seguiu com o cronograma de atividades e monitorou diversos bairros que são consideradas áreas de riscos em Estância. Entre eles, alguns locais com riscos de deslizamento como a Avenida Fernandes, Avenida Alto São Vicente, Loteamento Sonho do Leste e Rodovia Camilo Calazans atrás do Posto Cachoeira. Os principais pontos de alagamentos da cidade que tem histórico são a Travessa Otaviano Siqueira (subestação), Rua São Caetano, Rua Nova do Porto, Rua Natal, Rua Fortaleza, Rua Frei Damião. As chuvas de maio à junho sempre são preocupantes e com elas os riscos maiores são para quem vive às margens do Rio Piauitinga que já passaram por grandes enchentes.

Os riscos de inundações nesses locais são altos e principalmente na região da passarela do Piauitinga e Complexo XPTO na BR-101.

Para a moradora bernadette Santos, 31 anos do Conjunto Piautinga as chuvas de maio só lembbra o desastre de 2009.

Quando chega o mês de maio, ficamos em alerta e com essas chuvas que cai aqui em nossa cidade dormimos com um olho aberto e outro fechado, alerta total. disse a moradora Bernadette Santos, lembrando as enchentes de 2009.

Já no Conjunto Maria Santana Santos a Defesa Civil tem um trabalho permanente de prevenção e tem contato constante com os moradores.

2019 foi um ano de muito trabalho

Em 2019, o município teve registro de deslizamento, desabamento de imóvel, inundações, alagamentos e cheia dos rios Piauí e Piauitinga. Pelo menos quatro casas teve desabamento do telhado. Na região central, a parede de uma casa desmoronou sobre um idoso que foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o hospital, posteriormente faleceu. Na região do Bairro Santa Cruz o nível do Rio Piauí subiu no nível máximo e teve queda de árvore.

Já nos povoados várias pessoas ficaram ilhadas como o acesso a Miranguinha que ficou submerso. Foi também no mês de maio que a Defesa Civil e demais órgãos da Prefeitura Municipal de Estância por meio da Secretaria da Defesa Social e Cidadania esteve em loco no acidente da aeronave com o cantor Gabriel Diniz e os dois pilotos que morreram na região do Porto do Mato. Acidente completa um ano dia 27.

Maio é um mês que não sai da cabeça de quem viveu o drama das fortes chuvas em 2009.

No dia 10 de maio de 2009 a Cidade registrou a pior catástrofe de todos os tempos com o transbordamento do Rio Piauitinga e Piauí deixando um rastro de destruição.

Um cenário que ainda está na cabeça dos que viram de perto sonhos serem levados pelas fortes chuvas. Casas e pontes caídas, bares destruídos e hotel totalmente deteriorado.

Mais chuvas

Com base no aviso emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) às chuvas devem ocorrer até a próxima quinta. Por isso, além das providências diante do alerta emitido nesta terça, haverá atenção para a situação dos próximos dias, para o reforço das medidas preventivas de modo a evitar possíveis transtornos à população.

Caso haja qualquer situação de risco, a população deve entrar em contato com a Defesa Civil, através do telefone do Corpo de Bombeiros Militar 193.

Por: Washington Reis / SERGIPE REPÓRTER

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by