Sergipe Repórter

Dono de bar na praia da Aruana é acusado de homofobia após confusão com clientes

Um desentendimento ocorrido em um bar na praia da Aruana, na Zona Sul de Aracaju, foi parar na Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV). Um grupo de clientes prestou boletim de ocorrência contra o proprietário do bar, o acusando de homofobia, após ele supostamente ter insinuado que os clientes estavam fazendo gestos obscenos, filmando partes íntimas de outros clientes no banheiro e incomodando grupos em outras mesas do bar.

Pelo menos quatro boletins de ocorrência foram prestados contra o proprietário do bar. Segundo relatado para a equipe policial, o proprietário do bar teria se aproximado da mesa na companhia de um grupo de garçons, com o celular filmando o grupo, e relatando os gestos que entendeu como obscenos para o grupo.

Após a discussão entre as partes, o grupo deixou o bar e foi prestar o boletim de ocorrência na delegacia. Todos eles negaram que estavam fazendo gestos obscenos.

Em depoimento prestado para o DAGV, o proprietário do bar negou que tenha sido homofóbico, e disse que recebeu reclamações dos garçons e de outros clientes de que um grupo estaria com atos obscenos, explícitos e importunando outros frequentadores do estabelecimento. Numa tentativa de pedir para que parassem com os supostos gestos obscenos, o dono do bar disse que foi recebido em tom agressivo pelo grupo, sendo alvo de ofensas como ‘pobretão’, ‘lixo humano’ e ‘feio’. Ele depôs ainda que teria sido agredido por um dos clientes, caso ele não fosse contido pelos próprios amigos.

Em outro trecho do depoimento, o proprietário do estabelecimento também disse que entrou à polícia uma mídia com as imagens gravadas pelas câmeras do local, que atestariam as informações prestadas por ele. Ele reforçou que o seu bar está aberto para todos os públicos, desde que respeitem o ambiente, não permitindo o que chama de ‘comportamento inadequado e de cunho sexual’.

O caso seguirá em investigação no DAGV, agora com análise dos depoimentos e material entregue à equipe policial.

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?