Sergipe Repórter

Edvaldo lidera pesquisa para o governo do Estado e tem o dobro das intenções de voto de Rogério

Se as eleições para o cargo de governador do Estado fossem realizadas hoje, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), seria o preferido do eleitorado sergipano para suceder o governador Belivaldo Chagas (PSD), apontam os números de pesquisa de intenção de voto realizada pelo Instituto França de Pesquisas (IFP) entre os dias 13 e 17 de dezembro, nas 40 maiores cidades de Sergipe, junto a 1.122 eleitores. O levantamento tem margem de erro de 2,9 pontos percentuais para mais ou para menos e nível de confiança de 95%.

No cenário espontâneo, aquele em que o eleitor diz em quem votaria para governador sem que lhe sejam apresentadas opções de nomes, Edvaldo lidera com 13,23%, sendo o único a pontuar dois dígitos. Na sequência, aparecem embolados, com menos de 5% das intenções de voto, o deputado federal Fábio Mitidieri (4,68%), o senador Rogério Carvalho (4,42) e o ex-prefeito de Itabaiana Valmir de Francisquinho (4,09%).

Quando o IPF apresentou os nomes de possíveis candidatos à sucessão do governador Belivaldo, num cenário com mais de um nome do bloco governista, Edvaldo também lidera e supera o segundo colocado em mais de 10 pontos percentuais. Neste cenário, o prefeito de Aracaju aparece com 24,24%, seguido de Valmir (13,69). Neste cenário, Rogério (8,98%) aparece em empate técnico com Mitidieri (8,68%) e Alessandro (6,35%). Na lanterna, figuram Laércio (3,76%) e Milton Andrade (3,16%).

O IFP também apresentou aos eleitores entrevistados um cenário hipotético em que a disputa para o governo do Estado se daria somente entre Edvaldo, Rogério e Alessandro. Nesse caso, o prefeito da capital aparece com mais do que o dobro das intenções de voto do pré-candidato petista – 30,04% x 14,38%. O senador Alessandro (12,58%) aparece tecnicamente empatado, dentro da margem de erro, com Rogério.

O Instituto também sondou o eleitorado em dois cenários sem Edvaldo, o líder da pesquisa. No primeiro deles, Valmir (18,92%), Mitidieri (14,87%) e Alessandro (14,66%) aparecem empatados e são seguidos de perto por Alessandro (12,27%) que, no limite da margem de erro acompanha o senador petista. No segundo cenário sem Edvaldo, Rogério aparece à frente, com 23,27%, e disputaria um eventual segundo turno com Mitidieri, que chega a 15,18% das intenções de voto e deixa para trás o empresário Milton Andrade (9,97%).

Com informações do portal Imprensa 24 hr

Related Articles

Posso ajudar?