Sergipe Repórter

Empresário Luiz Eduardo Magalhães morre neste domingo

O empresário era membro de entidades como Acese, Fórum Empresarial, CDL

Faleceu neste domingo (10) o empresário sergipano Luiz Eduardo Magalhães. Considerado uma referência para Sergipe, Luiz Eduardo acompanhou a trajetória econômica, social e política do estado, contribuindo em debates do Fórum Empresarial, da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese) e também da Confederação dos Dirigentes Lojistas (CDL).

Luiz Eduardo Magalhães era membro da Academia Itabaianense de Letras, cidade onde viveu na infância e onde possuía raízes sentimentais. Em uma homenagem feita pelo médico sanitarista e amigo de Magalhães, Antônio Samarone, o empresário é classificado como uma referência intelectual. 

“Luiz Eduardo possuía um sentimento profundo do Nordeste. Um pouco antes da Pandemia, fizemos (Eu, Ele e Pedro Morais) uma visita a Canudos. Uma viagem onde aprendi muito sobre o Sertão. Ele conhecia a história, o povo, os bichos e as plantas. Ele descrevia detalhes do massacre de Canudos, apontava onde morreu o ‘Corta Cabeça’, onde ficava o hospital de sangue, admirava as favelas (planta), lamentava a pequenez das catingueiras”, relata o médico. 

Para Samarone, Luiz Eduardo era um “homem de princípios, racional, decente e generoso”. 

O empresário e vice-presidente da CDL Aracaju, Milton Andrade, também lamentou a morte de Magalhães. “Os princípios e exemplos de Sr. Luiz é um legado para todos que tiveram a chance de conviver com ele. Descanse em paz”, disse em uma publicação na rede social Instagram. 

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?