Erro de piloto e condições meteorológicas derrubaram avião que matou GD em Estância

Erro de piloto e condições meteorológicas derrubaram avião que matou GD em Estância

Um ano e meio depois do acidente aéreo que matou o cantor paraibano Gabriel Diniz ou GD, 28, o relatório divulgado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira (FAB), apontou que as condições meteorológicas adversas, aliada a atitude e indisciplina de voo do piloto resultaram na queda do monomotor Piper Cherokee PT-KLO. Além do artista, no acidente ocorrido no dia 27 maio do ano passado o povoado Porto do Mato, em Estância (SE), morreram os pilotos Linaldo Xavier Rodrigues, 37, e Abraão Karty Gonçalves de Farias, 27.

De acordo com o relatório divulgado ontem (29) pelo Cenipa, no momento do acidente a aeronave era pilotada por Linaldo Xavier. Teria sido ele, segundo o documento, quem não avaliou adequadamente os parâmetros para a operação da aeronave, fabricada em 1974, optando por dar prosseguimento ao voo  em condições meteorológicas desfavoráveis, mesmo sem o avião dispor de radar meteorológico e não ter certificado para voar sob Regras de Voo por Instrumentos (IFR).

O relatório apontou ainda que Linaldo Xavier tinha 83h50m de experiência de voo e possuía licença de Piloto Privado – Avião (PPR), obtida através de curso realizado no Aeroclube de Alagoas, em 2017. O piloto estava com a habilitação de Avião Monomotor Terrestre (MNTE) válida. No entanto, só era qualificado para realizar o voo em rota com condições estritamente visuais

O Cenipa concluiu que ao “não considerar os procedimentos previstos para se manter em condições de voo visuais concorreu para a exposição da aeronave a elevado risco de acidente” o piloto contribuiu para a queda da aeronave. O inquérito que apura as causas do acidente que matou o cantor e os dois pilotos ainda está em andamento na Polícia Federal em Sergipe.

Relembre

A queda da aeronave, o avião monomotor de prefixo PT-KLO, aconteceu no início da tarde do dia 27 de maio de 2019, no povoado Porto do Mato, em Estância. Gabriel Diniz ou GD, que ficou conhecido pelo hit “Jeniffer”, havia saído de Salvador (BA) para Maceió (AL), onde iria comemorar o aniversário da namorada, Karoline Calheiros. Além do cantor, morreram os pilotos Linaldo Xavier Rodrigues, 37,  e Abraão Karty Gonçalves de Farias, 27. No momento do ocorrido chovia muito na região. A morte do cantor, no auge da carreira, causou comoção nacional, principalmente entre fãs e a classe artística.

Da redação, AJN1

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by