Sergipe Repórter

Estância: Paulo Daltro deixa direção-geral do HRAM

Com quase dois anos no comando do Hospital Regional Amparo de Maria – HRAM em Estância, Paulo Daltro anunciou por nota na manhã desta quinta-feira (10), sua saída da direção do hospital.

Quando Paulo assumiu em 2019 o HRAM já contabilizava uma divida de R$ 25 milhões.

NOTA PARA A IMPRESSA

Hoje, dia 09 de junho de 2021 encerro minha jornada no Amparo de Maria.

Infelizmente, enfrentamos esse momento extremamente difícil, que foi a pandemia, mas, mesmo com todas as dificuldades, tentamos ao máximo acertar.

Encontrei os funcionários com salários em atraso; décimo de dois anos em aberto; férias atrasadas; funcionários em greve; hospital sem credibilidade com colaboradores e prestadores de serviços. Com nossa política de gestão, recuperamos a credibilidade no mercado, bem como com os nossos colaboradores.

Serviços fechados, atendimentos fechados, maternidade fechada. Colocamos ordem na casa e estamos desde minha chegada sem atrasar um salário e sem ficarmos um dia com o serviço fechado.

Deixo o Amparo na certeza de que me dediquei (não foi diferente por onde passei). Deixo o HRAM estruturado fisicamente, equipe empenhada, organizada e qualificada; processos de trabalho organizados; entre outras.

Entrego um centro cirúrgico reformado e com equipamentos de alta tecnologia; um centro de especialidades estruturado, equipado e com diversas especialidades; uma maternidade equipada e moderna. Hoje temos a maior maternidade do interior do estado e um dos melhores e maiores hospitais do estado.

Entregamos 41 leitos de UTI e 20 leitos de enfermaria, ambos em atendimento covid. Além do serviço de hemodiálise. Nos tornamos o maior hospital sus do estado em leitos de UTI.

Mas ainda não é o suficiente para sanar todo um passivo, visto que foi preciso despender muito recurso para reestruturação e modernização do HRAM. Muito há de se fazer, mas muito foi feito. Como diz o apóstolo Paulo: “combati o bom combate”.

Devido a isso, sei da importância e necessidade de manutenção da intervenção por mais um pouco de tempo.

Saio como entrei: de cabeça erguida e com orgulho da minha história e trajetória.

Agradeço ao governador do estado a oportunidade de ter sido interventor; Agradeço a parceria junto a Secretaria de Estado da Saúde a qual somamos esforços no combate à pandemia; Agradeço ao Ministério Público no trato cordial e respeitoso que sempre mantivemos; e ao Tribunal de Justiça, em especial ao juízo de Estância por ter me nomeado e dado a oportunidade de ter feito parte da história desta instituição; Agradeço a todos os veículos de imprensa, seja áudio, vídeo ou escrita, sempre fui ouvido e sempre tive espaço. Por fim, deixo meu carinho e gratidão a todos os colaboradores a qual tive a honra de conhecer e trabalhar. Terei o HRAM e Estância no meu coração e orações.

Atenciosamente,

Paulo Daltro

Ex-Interventor Judicial do HRAM

Foto: SECOM – GOVERNO DE SERGIPE

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?