‘Extremamente satisfeito’, diz Belivaldo sobre reunião com Bolsonaro

‘Extremamente satisfeito’, diz Belivaldo sobre reunião com Bolsonaro
Reunião tratou sobre Petrobras, pandemia, abastecimento de água e Fafen

O governador de Sergipe Belivaldo Chagas foi recebido em audiência, na tarde desta terça-feira (03), em Brasília, pelo presidente da República Jair Bolsonaro para defender os interesses do estado junto ao Governo Federal.

“Devo dizer que estou extremamente satisfeito pela receptividade. Num clima de cordialidade, reforcei a importância da inserção do projeto de Águas Profundas no nosso estado no Plano de Investimentos da Petrobras do quinquênio 2021-2025 da empresa. Esta ação seria de extrema importância não só para a economia sergipana, mas para consolidar o programa federal Novo Mercado do Gás, que tem Sergipe como um local estratégico nacionalmente” disse o governador. 

 

“Também pedi mais celeridade na liberação de recursos referentes às obras de ampliação do Sistema Integrado do Piauitinga, uma obra de extrema importância para garantir o abastecimento de água em toda a região Centro-Sul do Estado. Para Aracaju, solicitamos apoio para a aprovação do projeto ERQ-Norte de esgotamento sanitário, ainda pelo Programa de Aceleração de Crescimento (PAC), num investimento de mais de R$ 85,3 milhões que beneficiaria 82 mil pessoas da nossa capital”, acrescentou o governador sergipano.

Também estiveram presentes na reunião o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Luiz Eduardo Ramos; os deputados federais Laércio Oliveira e Fábio Mitidieri; o secretário Geral de Governo José Carlos Felizola e Dernival Neto, representante do escritório de Representação em Brasília.

Belivaldo também apresentou ao presidente da República três reivindicações que são de interesses da pauta federativa: a prorrogação do prazo para bloqueio dos Restos a Pagar dos convênios e repasses junto ao Governo Federal; o apoio ao projeto de lei 101/2020 que tramita na Câmara dos Deputados e altera as penalidades ao descumprimento ao Teto de Gastos; e a possibilidade de Governo Federal autorizar a transformação do restante da verba Covid-19, que ainda está disponível, para ser utilizada por estados e municípios no atendimento à Saúde de baixa, média e alta complexidade. 

“Solicitei ao presidente atenção especial ao Estado de Sergipe no que diz respeito ao plano nacional de imunização contra a Covid-19, e  a necessidade de rever a taxação de imposto na área de produção de fertilizantes”, concluiu Belivaldo.

*Com informações da Agência Sergipe

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by