Governo descarta rompimento de barragem, mas alerta para inundações

Governo descarta rompimento de barragem, mas alerta para inundações

A Barragem do Rio Poxim, em São Cristóvão, que está com 99% da sua capacidade de armazenamento de água, pode sofrer uma cheia, casos as chuvas se intensifiquem, e inundar os bairros Jabotiana, na zona Sul da capital, e os conjuntos Rosa Elze, em São Cristóvão, e Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro.

O alerta foi dado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs) e pela Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso).

Os órgãos descartaram o risco de rompimento da estrutura da barragem do Rio Poxim, mas alertaram que ela pode verter (transbordar) com o aumento dos índices pluviométricos, inundando algumas regiões. As coordenações da Defesa Civil das localidades que possivelmente serão atingidas, já foram notificadas para que as providências com os moradores sejam tomadas imediatamente.

A Deso reforçou que a estrutura  passa por constantes vistorias de auditores independentes e que a mesma foi concebida para operar em períodos de chuvas e cheias,  como o atual, cumprindo com a sua principal função que é a acumulação de água,  mas também colaborando com o represamento de água de águas da chuva, que poderiam agravar o quadro de alagamentos em pontos da região metropolitana de Aracaju.

A Sedurbs, através da Defesa Civil do Estado, juntamente com a Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Serhma), e Deso estão monitorando a situação.

Com informações da Sedurbs e Deso -(Foto: Marcos Rodrigues/ASN) 

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by