O Instituto Federal de Sergipe (IFS) informou, nesta quarta-feira (9), que irá exigir comprovante de vacinação contra a Covid-19 para servidores, estudantes, terceirizados, bolsistas e qualquer pessoa que necessite acessar presencialmente os campi.

De acordo com a instituição, a cobrança do passaporte da vacina é essencial para um retorno seguro às atividades presenciais, previsto para 28 de março.

Como comprovar

O envio do comprovante deverá ser feito pelo link. “Servidores, terceirizados e estudantes precisarão acessar o portal e enviar o seu comprovante. A comunidade em geral deverá apresentar o documento ao chegar às instalações dos campi ou da reitoria. Cada campus deverá estabelecer a melhor forma de controle considerando as suas especificidades”, disse o pró-reitor de Ensino, Alysson Barreto.

Durante o período de férias, os campi deverão validar os comprovantes enviados e divulgar como farão a fiscalização e sua organização no retorno às atividades. Os alunos ingressantes que estão realizando suas matrículas deverão também apresentar os comprovantes antes do início das aulas de 2022.

A comprovação de vacinação exigida corresponderá ao esquema vacinal completo, em acordo com calendário do Plano Nacional de Imunizações. No entanto, de forma excepcional, será aceito o ingresso dos usuários que, a partir da data de início de efeito da resolução do IFS, estejam em atraso com o esquema vacinal, ou não tenham iniciado seu ciclo vacinal, mas que após a publicação da resolução, atualizou seu esquema vacinal contra Covid-19.

Em caso de pessoas não vacinadas, será obrigatória a apresentação do teste RT-PCR ou teste antígeno negativos para Covid-19 realizados nas últimas 72h (a partir da coleta do exame) e também a entrega do termo de adoção do esquema de testes. Clique aqui e veja a resolução completa.

Foto: IFS