Sergipe Repórter

Jornalista vitima da covid-19 foi sepultado em Aracaju

O corpo do repórter cinematográfico Jadson Simões, conhecido como Dedé Simões, foi sepultado, nesta quarta-feira (3), no Cemitério Colina da Saudade, em Aracaju. Vítima da covid-19, ele morreu, ontem (2), no Hospital Universitário de Lagarto, onde estava internado na UTI desde a semana passasda. Dedé tinha apenas 39 anos e era hipertenso.

O jornalista trabalhou em diversos veículos de comunicação de Sergipe e era uma referência na “arte” de fazer imagens. Entre as empresas que Dedé Simões atuou estão a TV Sergipe, TV Atalaia, TV Aperipê e TV Câmara Municipal de Aracaju, além de produtoras. A última atuação profissional do cinegrafista foi durante a cobertura de uma campanha política no município de Pirambu. Ele deixa esposa e dois filhos, um de 18 e um de sete anos.

Com informações do portal DESTAQUE NOTÍCIAS

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?