Sergipe Repórter

Mototaxistas comemoram primeira cooperativa em Estância e realizam motociata

Mototaxistas da Cidade de Estância no Sul de Sergipe realizaram na tarde desta terça-feira (06), uma motociata para anunciar a primeira cooperativa de mototaxistas do município, a COMTAE.

De acordo com o mototaxista José Wilson dos Santos que tem mais de 20 anos na profissão a Cooperativa foi legalizada em março deste ano. A motociata ganhou as ruas de Estância com mais de 60 cooperados sendo puxados por um minitrio.

Os mototaxistas comemoraram mais uma vitória diante das dificuldades que vem enfrentando ao longo dos anos desde a lei que regulamenta a profissão no município.

“Hoje anunciamos o inicio dos trabalhos de nossa cooperativa, fizemos uma motociata pelas principais ruas da cidade para que o povo seja informado oficialmente sobre a existência dos cooperados e de nossa instituição. A cada dia que passa nos organizamos para melhor servir aos usuários. Com a cooperativa estamos mais organizados e 64 dos 227 mototaxistas de nosso município que são cadastrados pela SMTT já se tornaram cooperados e nosso objetivo claro, que é atingir o máximo possível de pessoas para que possamos junto contribuir e garantir serviço de qualidade a população. Desde o mês de outubro de 2019 que os mototaxistas vêm se organizando para registrar essa cooperativa e com muita luta que conseguimos concretizar esse sonho – Estou convencido de que nossa migração para o cooperativismo vai valorizar a gente como profissional e nos dar condições de prestar melhores serviços pra sociedade”, disse o José Wilson.

O presidente Barbosa durante ato destacou a importância da união dos cooperados.

“Com a criação da cooperativa é certo de que os mototaxistas farão diferença no mercado, ganhando credibilidade e respeito da população – Cabe a cada um de nós o respeito, a segurança no trabalho, a organização, o cuidado de transportar vidas e espero que possamos ser mais unidos. Comentou o Presidente José Barbosa.

Conversando com a redação do nosso portal, Barbosa disse que o principal objetivo era criar a cooperativa para organizar e garantir a população um serviço seguro e de qualidade.

“Cada dia a gente crescer com responsabilidade, antes nosso representante era a SMTT e a gente não tinha um representante para falar por nós e com a criação dessa cooperativa agora se temos representação e claro que nosso intuito é cada vez mais avançar para melhorar o transporte de mototaxi de nossa cidade”. Finalizou, o presidente.

Em Estância, existem cerca de 500 mototaxistas, mas cadastrados junto ao órgão de trânsito apenas 227.

Outro ponto que destaco é a importância da mulher mototaxi o que de fato não aconteceu na legislação outorgada pelo governo anterior quando excluiu a categoria feminina da profissão, sendo que nossa constituição garante um percentual de 30% das mulheres.  Hoje graças a nossa cosntante luta já temos duas mulheres cooperadas na COMPTAE.

WASHINGTON REIS I SERGIPE REPÓRTER I FOTO: COMTAE

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?