MP pede cassação e inelegibilidade de Padre Inaldo

MP pede cassação e inelegibilidade de Padre Inaldo

O promotor Sandro Luiz da Costa, da 34ª Zona Eleitoral do Ministério Público de Sergipe, pediu a cassação do registro da candidatura à reeleição do atual prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo (PP), e do vice Manoel do Prado Franco (DEM), além de inelegibilidade por oito anos.

O documento, enviado à Justiça no dia 17 de dezembro, acusa os políticos de irregularidades durante a campanha eleitoral deste ano. Segundo a ação, Padre Inaldo teria feito distribuição de telhas, no valor de R$550, para uma mulher em setembro, “em troca dos votos da beneficiária e da família desta”. Ele também teria prometido doar uma cadeira de rodas.

Na ação, o promotor cita um vídeo obtido pela Polícia Federal sobre uma reunião no gabinete do prefeito em que ele teria dado o dinheiro.

Sobre a acusação, a assessoria de comunicação da prefeitura de Nossa Senhora do Socorro afirmou que não houve compra de votos, que o político ajudou uma pessoa com recursos do próprio salário.

Fonte: G1

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by