Sergipe Repórter

‘Não aguentamos viver no meio da água’, reclamam moradores de área alagada em Poço Verde.

Jovem reclama e cobra melhorias do Poder Público Municipal.

O jovem Gabriel Oliveira reclamou na tarde deste domingo (28) que ‘não aguenta mais viver no meio da água’, referindo-se aos constantes alagamentos em algumas ruas do município de Poço Verde no Sul sergipano. O jovem diz que vive há anos no mesmo local, e acompanha o agravamento do problema a cada tempestade.

“O estado como vivemos é ruim. Não aguentamos morar no meio da água. Não pode chover que alaga toda a rua, e isso vem piorando com o tempo porque a cada ano a água fica mais alta. (…) Acredito que isso é por causa do lixo que os moradores jogam na rua e acaba entupindo o bueiro”, por outro lado o Poder Público Municipal não faz os reparos ou manutenção necessária e o alagamento aqui só tem piorado.

“Queria entrar em minha casa mais não dar, o povo tem sua parcela de culpa mais o Poder Público também tem porque promete e não faz”.

“Nem se quer desentupir os esgotos, moradores tem perdido diversos pertences devido às enchentes e a prefeitura não tem feito nada”. Lamenta Gabriel Oliveira.

Esta é a realidade dos moradores de Poço Verde, município localizado na região Sul de Sergipe, que procuraram o Sergipe Repórter para denunciar o “descaso do Poder Público”.

Vídeos e fotos feitos pelos moradores foram enviados à redação e mostram as vias totalmente alagadas.

Por: Washington Reis I SERGIPE REPÓRTER I Imagens: Morador

Related Articles

Posso ajudar?