Sergipe Repórter

Os dois lados: Prefeito é acusado de importunação sexual após troca de mensagens com garota no WhatsApp e rebate acusações.

A jovem Mikaelly Dias, de 25 anos, teve uma grande surpresa ao entrar em contato com o prefeito do município de Simão Dias, Cristiano Viana, através do WhatsApp, para pedir ajuda na compra de uma porta para a sua residência.

Na conversa, após se identificar e enviar uma foto de rosto para que o gestor pudesse ter ciência de quem se tratava, Cristiano insinuou que lembraria da jovem caso a foto enviasse fosse dela sem roupa.  Nesse momento, Mikaelly não comenta o pedido e continua o diálogo, mas o prefeito encerra a conversa.

“Na campanha, Cristiano Viana já vinha dando em cima de mim, querendo ficar comigo. Só que eu nunca quis, nunca dei liberdade a ele. Depois que ele ganhou eu cheguei para pedir uma ajuda a ele, aí ele dizia que não esquecia o passado em que ele me queria e eu não quis. Ele ficava me aliciando, me querendo, sempre foi assim. Ele costumava ligar, não mandava mensagens. Ele me prometeu um emprego se eu tivesse relações com ele, mas eu não quis. Até uma receita médica que eu pedia ele negava. Sou depressiva há seis anos e ele nunca chegou junto com isso. Aí eu decidi colocar isso para frente”, narrou Mikaelly durante entrevista exclusiva ao Jornal da Fan, da rádio Fan FM.

Após o episódio, a moça encaminhou para familiares e pessoas próximas um vídeo com toda a investida do prefeito. Incomodado com a ação dele, Cristiano chegou a ligar para a jovem e questionar sobre o material difundido no município. “Você tá mandando print de conversa minha pra alguém é? Por que isso dá processo”, disse o gestor em uma curta conversa gravada por Mikaelly.

A jovem finaliza afirmando que recebeu investidas de pessoas para que ela não tornasse a denúncia pública. “Chegaram pessoas atrás de mim no local do meu trabalho querendo me comprar para deixar isso para lá. Perguntaram quanto eu queria, mas eu não quis”, disse a jovem, que deve prestar um Boletim de Ocorrência nesta quinta-feira, 14, contra o prefeito Cristiano Viana.

Prefeito rebateu a acusação

Prefeito rebate acusação de importunação sexual e diz que garota tentou seduzí-lo

Após ter sido acusado de importunação sexual através de mensagens no WhatsApp, prefeito do município de Simão Dias, Cristiano Viana, rebateu a acusação e disse que Mikaelly Dias tentou seduzí-lo.

“Reajo com muita tranquilidade. Estou sabendo dessa situação desde a semana passada. Ela não coloca no texto do whatsApp as falas que ela fez comigo tentando me seduzir. Tenho testemunha que ela estava tentando extorquir dinheiro desde a semana passada para que isso não chegasse à imprensa. Essa é uma questão política. Infelizmente os nossos adversários aqui são muito organizados. Estou muito tranquilo”, disse o prefeito.

E continuou: “Não cometi nenhum tipo de crime, não assediei. Ela é uma pessoa de maior que eu conheço de muito tempo. Não houve esse tipo de promessa em relação à emprego, até porque não era minha correligionária, não era minha partidária política”.

Por fim, o prefeito de Simão Dias reafirma que é inocente, enfatiza seu casamento de mais de 23 anos e promete buscar a Justiça.

“Vou provar a minha inocência, tenho todas as provas aqui. O cunho é político em querer desmoralizar uma autoridade aqui do município. Tem todo um contexto, não cometi nenhum tipo de assédio, sou uma pessoa tranquila, casado há mais de 23 anos, não teve importunação sexual, não houve ameaça, sou uma pessoa muito tranquila, todos que me conhecem sabe. Ela está tentando se aproveitar da situação, mas buscarei os meus direitos”, finaliza Cristiano Viana.

Por: FANF1

Related Articles

Posso ajudar?