Policial militar e outros três homens são presos em Sergipe suspeitos de fraudar seguro DPVAT

Policial militar e outros três homens são presos em Sergipe suspeitos de fraudar seguro DPVAT

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Sergipe informou nesta sexta-feira (24) a conclusão da Operação Hidra, que teve o objetivo de prender quatro homens suspeitos de envolvimento com fraudes do Seguro DPVAT, entre eles, um policial militar.

As prisões começaram a ocorrer na quarta-feira (22), em Aracaju. Três deles foram presos próximo à residência do suspeito de ser o principal articulador dos golpes. E o militar se apresentou à corporação de qual faz parte.

Um outro integrante do grupo está foragido. Segundo informações, ele teria ido para o interior do estado. A SSP divulgou uma foto para que a população ajude a localizá-lo.

Segundo a SSP, as fraudes contra o Seguro DPVAT, praticadas em todo o país, costumam contar com a participação de uma pessoa responsável por cooptar os ‘laranjas’, que são os futuros beneficiários, que, em troca de pequenas vantagens, fornecem suas contas bancárias e seus documentos pessoais para serem fraudados e utilizados na falsificação de Boletins de Ocorrências, laudos do Instituto Médico Legal (IML), relatórios de atendimento hospitalar e comprovantes de residência. Todos esses documentos serviam para embasar o requerimento fraudulento a ser formulado junto à seguradora.

Após recebimento da indenização na conta dos ‘laranjas’, os valores são sacados pelo cooptador e repassados em mãos ou transferidos, em grande parte para o principal articulador da fraude, que geralmente não aparece durante a empreitada criminosa.

Pessoas que possam ter sido vítimas do grupo criminoso deve buscar a Delegacia de Defraudações ou ligar para o Disque Denúncia, através do 181. No mesmo telefone, podem ser enviadas informações sobre o paradeiro do suspeito foragido.

DPVAT

A assessoria de comunicação da Seguradora Líder, responsável pelo DPVAT, informou que a estratégia de prevenção, detecção e combate às fraudes contra o seguro apresenta números expressivos, ano após ano. Acrescentou que é vítima das fraudes e que, ao longo do tempo, usando modernos sistemas de inteligência artificial, aprimora o processo de prevenção e detecção, reduzindo as ocorrências e os pagamentos indevidos. A seguradora ainda disse que os casos detectados e comprovados são denunciados e conduzidos às autoridades competentes em todo o país, para apuração e aplicação das sanções previstas em lei. E que, nos últimos dois anos, houve um desestímulo de ataques de quadrilhas contra o DPVAT na ordem de 80%.

Por G1 SE— Foto: SSP/SE/Divulgação

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by