Policial militar morre em confronto com agentes do Batalhão de Radiopatrulha em Aracaju

Policial militar morre em confronto com agentes do Batalhão de Radiopatrulha em Aracaju

Um policial militar de 42 anos e um homem ainda não identificado morreram após um confronto com agentes do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) na madrugada desse domingo (12), na Zona Oeste de Aracaju.

A assessoria de comunicação da Polícia Militar de Sergipe (PMSE) informou que os agentes do BPRp realizavam patrulhamento pela região quando visualizaram um veículo suspeito. Ao perceber a presença dos militares, o condutor realizou uma manobra brusca e os ocupantes do veículo começaram a disparar contra a equipe, que revidou. Durante a troca de tiros alguns suspeitos fugiram, mas o policial militar que estava junto com o grupo foi alvejado e morreu no local.

Momentos depois, a polícia foi informada que um dos fugitivos estava no Conjunto Santa Lúcia, próximo onde a ação teve início. Após buscas, ele foi localizado e ao perceber a presença dos militares começou a atirar. Houve nova troca de tiros e o suspeito foi atingido e encaminhado ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Foram apreendidas quatro pistolas, sendo três de calibre 40 e uma 380, além de dois revólveres calibre 38 e dois tabletes de maconha com aproximadamente dois quilos.

A Polícia Militar ressaltou que não compactua com atos ilícitos praticados por seus integrantes e repudia tais ações que possam infringir direta ou indiretamente as leis vigentes. E acrescentou que qualquer crime envolvendo policiais militares será apurado pela corporação, que adotará as medidas legais cabíveis.

A corporação da qual o militar morto fazia parte não foram divulgados. Até a manhã desta segunda-feira (13), os corpos dele e do outro suspeito permaneciam no Instituto Médico Legal (IML).

Fonte: SSP/SE

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by