1- Quem é Suely Barreto, pré-candidata a prefeita de Estância?
Suely é militante social, bacharel em direito, foi servidora do tribunal de justiça do Estado e atualmente é assessora parlamentar do senador Alessandro Vieira. Coordenadora de projetos sócio assistenciais de garantias de direitos para idosos, mulheres e famílias, se tornou uma referência estadual no trabalho de prevenção e combate às drogas.
Presidiu vários conselhos municipais, apresentou programa para fortalecimento das famílias em rádio comunitária e ocupou vários cargos públicos.
Uma mulher competente, atuante e corajosa, que ama Estância e sonha com um futuro promissor para os seus munícipes.

2-O Cidadania defende uma nova política para os municípios sergipanos. Com base em que programa de governo você pretende apresentar esse diferencial?
O Cidadania defende e executa as novas práticas políticas desejadas pela sociedade que nos últimos anos, tem se mostrado mais preparada, questionadora e participativa. Construiremos um plano de governo eficiente, baseado nas próprias reivindicações da população que tem participado ativamente do nosso trabalho.

3-Qual a opinião do Cidadania para este projeto? O senador Alessandro Vieira apóia a sua pré candidatura?
Eu tenho uma história política construída no Cidadania, sucessor do antigo PPS, meu único partido.
Sou dirigente municipal, membro da executiva estadual e do diretório nacional do Cidadania.
A minha relação com os dirigentes é excelente e fruto de uma construção baseada em lealdade e trabalho.
A minha pré candidatura é apoiada e incentivada pelos nossos deputados estaduais, lideranças nacionais e pelo senador Alessandro Vieira que além de ser um dos melhores senadores do Brasil, tem uma postura democrática e uma visão futurista impressionante. Para ele, os cidadãos comuns precisam acompanhar e participar da política, sendo essa a única maneira de conseguirmos mudar as cidades e o país.

4- Estância já teve uma prefeita mulher em toda a sua história?
Estância elegeu na década de 50 a Sra. Núbia Nabuco, única mulher eleita diretamente por voto popular.
Algumas vices prefeitas, esposas de líderes políticos, indicadas para o cargo, assumiram o mandato por curtos períodos.
Esperamos que em 2020 Estância reflita sobre a necessidade de ter novamente uma mulher competente e com relevantes serviços prestados à frente da gestão municipal.

5- O partido Cidadania está organizado para apresentar bons nomes na chapa proporcional no município?
Com certeza. O Cidadania apresentará a sociedade estanciana um time selecionado e preparado de pré candidatos a vereadores (as), que representará todos os munícipes de forma decente, transparente, competitiva e renovada.
Pessoas comuns que se colocarão à disposição dos estancianos com o objetivo de construir a mudança política que o munícipio precisa.

6- Quais as maiores necessidades do município na sua opinião?
Seria uma longa resposta, haja vista que Estância precisa avançar em todas as áreas. Mas, uma atenção especial para o nosso litoral, nossa zona rural, para a cultura, saúde, educação e segurança, são as maiores reivindicações da sociedade.
É inadmissível que um município tão rico execute tão pouco para a sua gente.
Chegou o momento da mudança!

7- Num período em que todo o país está atento e preocupado com o COVID-19, como você avalia o trabalho da gestão para impedir o vírus na cidade?
A gestão tem seguido as recomendações e decretos estaduais e ponto final. Uma cidade que em pleno isolamento social falta água quase todos os dias e que munícipes autônomos passam necessidades diversas, não pode se orgulhar de fazer um bom trabalho. Poderiam e deveriam fazer muito mais, se houvesse boa vontade, basta observar exemplos de outras cidades. No entanto, sigo acreditando que venceremos o caronavírus e que os estancianos lembrarão desse momento no futuro.

8- Como você avalia o crescimento da sua pré candidatura?
É uma avaliação simples. O povo está cansado de promessas e das mesmas pessoas no poder há décadas e quem se apresentava como a mudança, além de não ter histórico de serviços prestados à população, aliou-se ao que repudiava há pouco tempo atrás. Daí surge a terceira via, representada por uma mulher de luz própria, com um perfil político construído com trabalho, apresentando propostas novas e apoiada por um grupo político que é referência em decência e ótima atuação no Estado. O resultado certamente seria esse.

9- O que Estância deve esperar de Suely Barreto?
Em 2018 quando eu me recuperei de um AVC, eu prometi a centenas de pessoas que oraram pela minha recuperação e me pediram para não abandoná-las que eu continuaria dedicando a minha vida a Estância. Trabalharei diuturnamente para retribuir o apoio e o incentivo das pessoas e para tornar a cidade jardim de Sergipe na maior referência de gestão pública eficiente do Estado. Se Deus permitir.

Fonte: FAXAJU.COM.BR