Sergipe Repórter

Prefeito Edvaldo entrega novo terminal do Mercado: “uma obra histórica”

Ele disse ainda que obra é o primeiro passo para a revitalização do Centro

Moderno, seguro e dotado de infraestrutura completa. Assim é o novo Terminal de Integração Manoel Aguiar Menezes, localizado na região dos mercados centrais, no bairro Industrial, e que foi entregue pela Prefeitura de Aracaju à população, nesta terça-feira, 15. Inaugurado pelo prefeito Edvaldo Nogueira, dentro da programação de aniversário da capital, o novo espaço é fruto de um investimento de R$ 11,5 milhões, pelo Projeto de Mobilidade Urbana, e substituirá a antiga estação, garantindo mais conforto e segurança aos usuários do transporte público, que há anos ansiavam por um novo local de embarque e desembarque na localidade. Além da entrega da obra, Edvaldo também assinou ordem de serviço para a construção de um novo estacionamento anexo ao terminal. 

“Esta é uma obra grandiosa, histórica e que tenho a imensa felicidade de estar entregando aos aracajuanos no mês em que se comemora o aniversário da nossa capital. O novo terminal do Mercado é fundamental para a mobilidade urbana  e mudará completamente o nosso sistema porque será o centro unificador de todas as linhas das zonas Norte, Oeste e Sul da cidade, e substituirá o terminal Luiz Garcia, que será somente de passagem. É um terminal bastante amplo, moderno e que representa mais conforto e qualidade no sistema de transporte público de Aracaju”, destacou Edvaldo.

Ao inaugurar o espaço, o prefeito ressaltou que, além do  impacto positivo que ele terá para a mobilidade urbana da cidade, o novo terminal é “o primeiro passo para a revitalização do Centro”. “Ele cumprirá o papel de atrair mais pessoas para o Centro, contribuindo para a movimentação da economia e, consequente geração de emprego e renda. Se vocês compararem o antigo terminal com o novo, notarão a diferença. Portanto, é uma obra que mexe com três sentidos da capital: mobilidade urbana, o conforto das pessoas e a movimentação dessa área central da cidade”, frisou o prefeito.

Edvaldo salientou, ainda, que o novo terminal contará com vigilância, mas fez um apelo à população, “que cuide desse bem público”. “Não tem sentido depredar algo que é da sociedade e que foi construído com o dinheiro da população. Então, é  preciso cuidar da nossa cidade. O local contará com vigilância, mas peço a todos  que nos ajudem a cuidar desta obra maravilhosa e significativa para nossa capital”, reforçou.

O gestor de Aracaju também enfatizou a “justa homenagem” feita a  Manoel Aguiar Menezes. “Ele foi um grande empreendedor, que contribuiu de maneira significativa para o desenvolvimento da cidade, criando emprego, gerando renda e que, por toda a ajuda que deu ao estado, merece a justa homenagem”, reiterou o prefeito, que entregou uma réplica da placa do terminal ao filho do homenageado, o presidente do grupo Samam, Henrique Brandão.  

Ao receber a placa, o empresário elogiou a obra. “Assisto há 50 anos o desenvolvimento de Aracaju. Edvaldo conseguiu movimentar a cidade toda com grandes obras e com um trabalho muito bem feito. A população não pode esquecer isso porque ele é um grande prefeito de Aracaju. Parabenizo o prefeito pela magnífica obra que ele inaugura hoje, um espetáculo, uma ideia brilhante que Edvaldo idealizou, construiu e inaugurou”, disse.

Modernidade

O novo terminal de integração da capital entrará em funcionamento nesta quinta-feira, 17. Ele ocupa uma área  de 6.015 metros quadrados e conta com cinco plataformas de embarque e desembarque; guichês e catracas e de acesso e saída; banheiros com acessibilidade; bicicletário; vestiários; depósitos; estacionamento e paisagismo. A estrutura conta, também, com 13 mil metros quadrados de telhado metálico, com fechamento lateral com oito mil metros quadrados de proteção metálica horizontal e vertical, com 24 boxes para o comércio de vendedores ambulantes e com uma plataforma de concreto de alta resistência, com 1 mil metros quadrados, capaz de suportar o fluxo intenso dos usuários de transporte público e resistir à ação do tempo.

O espaço possui, ainda, iluminação de LED, para tornar o local mais seguro e iluminado. Também foram implantados equipamentos de acessibilidade, para garantir a circulação segura de pessoas com dificuldade de locomoção, e foi realizada a pavimentação asfáltica nas faixas de circulação de ônibus no entorno do terminal, com aplicação de asfalto em mais de 13 mil metros quadrados nas partes interna e externa.

“Este pode ser considerado o maior terminal do Projeto de Mobilidade Urbana, uma vez que ele é, quase, três vezes maior que o antigo e concentrará as operações do Centro. É  um projeto moderno, arrojado, com tecnologia para indicação de plataforma e que respeita toda a parte de acessibilidade e iluminação. É completamente diferente do que existia em Aracaju, até hoje. Com certeza, garantirá muito mais conforto aos usuários do transporte público e melhorará todo o sistema de mobilidade do Centro da cidade”, detalhou o presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), Sérgio Ferrari.

Além dos elementos modernos, que garantem infraestrutura da melhor qualidade à população, o novo terminal também se tornou um do polo de arte, através do projeto Colora. O local foi contemplado com painéis de grafite, escultura em fibra de vidro e lambes, que representam elementos da sergipanidade e evidenciam o trabalho de artistas sergipanos, selecionados pela Funcaju, através da lei Aldir Blanc.

Assim como foi feito no Terminal de Integração da Atalaia, o novo Terminal do Mercado contará com equipes terceirizadas que serão responsáveis pela abertura, vistoria e limpeza dos banheiros, com o intuito de manter o local organizado e inibir atos de vandalismo.

Todas as linhas de ônibus que circulavam pelo terminal antigo, migrarão para a nova estação de integração. “Este é um terminal que abriga 39 linhas que trafegam por regiões populosas da nossa cidade, como a zona Norte. Com essa nova estrutura, ele vai poder atender um fluxo maior de pessoas, com o conforto, segurança e comodidade que elas merecem. Sem dúvida, ele dará um salto de qualidade na prestação de serviços do transporte público, não só da capital, mas de municípios vizinhos, como a Barra dos Coqueiros”, afirmou o superintendente da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), Renato Teles.

Ordem de serviço

Após inaugurar o novo terminal, o prefeito Edvaldo Nogueira assinou ordem de serviço para a construção de um novo estacionamento, que ficará localizado no terreno da antiga estação de integração. O espaço ocupará uma área total de 12.513 metros quadrados e terá o intuito de proporcionar mais comodidade à população que frequenta o Centro da capital, além de melhorar a circulação de veículos na região. 

Serão investidos cerca de R$ 2, 9 milhões no projeto que incluirá implantação de rede de drenagem, pavimentação asfáltica, construção de passeios em concreto e meio-fios, instalação de sinalização vertical, com 72 placas  de orientação, e horizontal, além de paisagismo, com o plantio de 95 árvores da espécie ipê e uma área com gramado.

Por Agência Aracaju I Fotos: Marcelle Cristinne e Ana Lícia Menezes

Related Articles

Posso ajudar?