Sergipe Repórter

Presos acusados de assassinar cabeleireiro serão indiciados por crime de latrocínio

Após localização do corpo do cabeleireiro Claudon Alves Feitosa, conhecido como Don, os três suspeitos de envolvimento no crime serão indiciados por latrocínio, roubo seguido de morte.

A informação foi revelada pela delegada responsável pelo caso em entrevista exclusiva à equipe de reportagem do Portal Fan F1.

Nesta sexta-feira, 11, o terceiro investigado, identificado como Francismar de Almeida Santos, o “Francis”, se entregou hoje à Polícia. Foi ele quem indicou o local para onde o cabeleireiro foi levado após o ato criminoso, um matagal próximo a um riacho no povoado Maniçoba, no município de Divina Pastora. Os outros dois envolvidos, Marcelo Ribeiro Santos e Joana Santos, foram presos na última segunda-feira, 7.

Em seu depoimento, Francis afirmou que Don foi amarrado, levado em um carro pelos suspeitos e posteriormente jogado ainda com vida no riacho.

A delegada Maria Zunária, que conduziu a investigação, relatou que com conclusão do trabalho da Polícia e recolhimento das informações, um inquérito policial será produzido para posterior encaminhamento às autoridades responsáveis. 

Delegada Mária Zunária

“Não queríamos dar essa notícia à família, mas a maldade do ser humano ultrapassa todos os limites. Não tenho dúvidas sobre o envolvimento dos três, até mesmo porque encontraram o corpo, há provas técnicas. Eles serão indiciados por latrocínio e levados à Justiça para que o Ministério Público e Poder Judiciário cumpram seu papel”, esclareceu ela.

Com este cenário, vai ganhando resolução o caso da morte do cabeleireiro de Don, que foi dado como desaparecido na noite do último sábado, 5, em Nossa Senhora das Dores, depois de um assalto à sua residência, localizada no bairro Fontinha.

O cabeleireiro Claudon Alves Feitosa, popularmente chamado de Don desapareceu na noite do último sábado, 5, em Nossa Senhora das Dores, depois de um assalto à sua residência, localizada no bairro Fontinha.

Fonte: FAN F1

 

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?