Sergipe Repórter

PRFs são os primeiros agentes mortos no Ceará, durante serviço, em 2022; relembre casos anteriores

Conforme levantamento do Diário do Nordeste, nos últimos anos, 10% dos agentes mortos no Estado estavam em serviço.

Os policiais rodoviários federais Márcio Hélio Almeida de Sousa e Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho foram os primeiros agentes da Segurança Pública a morrerem no Ceará, durante serviço, em 2022. A reportagem do Diário do Nordeste levantou dados que, com as duas mortes nesta quarta-feira (18), já são sete policiais assassinados no Estado, neste ano, sendo os outros cinco vítimas enquanto estavam de folga.

Desde 2017, aproximadamente 90% dos policiais assassinados no Estado não estavam de serviço. Se observa que a maior parte dos alvejados a tiros quando reagem a assaltos. Outros, mortos até mesmo pela condição de agente, sem sequer haver o revide.

VEJA LEVANTAMENTO:

  • 2017: 27 agentes mortos (25 estavam de folga)
    2018: 11 agentes mortos (todos estavam de folga)
    2019: 2 agentes mortos (todos estavam de folga)
    2020: 11 agentes mortos (9 estavam de folga)
    2021: 9 agentes mortos (7 estavam de folga)
    2022: 7 agentes mortos (5 estavam de folga)
    Total: 67 agentes mortos

MORTOS EM SERVIÇO:

DUPLO HOMICÍDIO

O PRF Márcio Moura concedeu entrevista consternado logo após o duplo homicídio.

“Esperamos que a sociedade saiba que a Polícia precisa ser valorizada. Nós estamos aqui para entregar nossas vidas em prol das vidas de inocentes. Eles atendiam a um acidente, controlavam o trânsito. Foram atacados, foram alvejados. Agora, vamos concentrar forças e orações pela família”, disse o policial.

Márcio Hélio Almeida de Souza e Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho
Legenda: Márcio Hélio Almeida de Souza e Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho
Foto: Divulgação PRF/CE

Vídeos mostram o momento em que os agentes entram em luta corporal com o suspeito e depois são atingidos. Logo depois, o homem é baleado já na rodovia. (Veja o vídeo abaixo)

Por volta das 12h, peritos chegaram ao local para periciarem os corpos dos policiais. Os procedimentos de Polícia Judiciária acerca do caso devem ficar a cargo da Polícia Federal (PF).

OUTRAS MORTES DE AGENTES

No último dia 12 de maio, um policial militar foi encontrado morto, em Mauriti, na Região do Cariri. José Samuel Bezerra Janoca, de 35 anos, tinha ferimentos na cabeça. Dois homens foram presos sob suspeita de participarem do crime, são eles: Murilo Massaranduba Januário e Francisco Romário Farias.

Dentre os outros agentes assassinados em 2022 estão: tenente Leonardo Jader Gonçalves Lírio, soldado Antônio Cardone Rodrigues, José Hamilton Carlos e o escrivão da Polícia Civil do Ceará (PCCE) Edson Silva Macedo.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), todos os casos de janeiro de 2017 até abril de 2022 foram elucidados pela Polícia Civil: com motivação e autoria identificados.

Escrito por Emanoela Campelo de Melo I Foto: Fabiane de Paula I Fonte: Diário do Nordeste

Related Articles

Posso ajudar?