Primeiro dia de pagamento do auxílio de R$ 600 tem confusão em São Gonçalo

Primeiro dia de pagamento do auxílio de R$ 600 tem confusão em São Gonçalo

No momento em que as medidas de distanciamento social ainda são muito importantes para conter a pandemia de coronavírus, o município de São Gonçalo, na Região Metropolitana, teve confusão e aglomeração.

No bairro de Alcântara, a Guarda Municipal e a fiscalização de posturas foram recebidos com violência por camelôs que queriam continuar trabalhando de forma irregular. Eles arremessaram caixotes e pedaços de madeira nos agentes.

Mas foi no Centro que a situação realmente pegou fogo — literalmente.

Informais que precisavam regularizar o CPF para ter acesso ao auxílio de R$ 600 — que começou a ser liberado nesta quinta-feira (9) — se amontoaram no entorno da unidade da Receita Federal, e agentes da Operação Segurança Presente precisaram intervir.

Quando a ação para conter os mais exaltados começou, já havia objetos queimando na rua. A situação foi contida e voltou à normalidade.

Uma batata quente nas mãos da nova secretária de Segurança Pública, Luana Medeiros, nomeada no último dia 2. Ela substituiu o policial Felipe Brito, que deixou o cargo para concorrer às eleições deste ano.

Fonte: Por: Berenice Seara e Aline Macedo / JORNAL EXTRA RIO

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by